Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Festival de Histórias cria ambiente lúdico no Campus Santo Augusto
Início do conteúdo da página
Notícias Santo Augusto

Festival de Histórias cria ambiente lúdico no Campus Santo Augusto

Publicado em Quarta, 11 de Outubro de 2017, 14h32 | por Ascom Santo Augusto | Voltar à página anterior

O IFFar – Campus Santo Augusto foi palco na segunda-feira, 9 de outubro, de um Festival de Histórias promovido pelo projeto Biblioteca em Ação, coordenado pela Bibliotecária Daniela Cristina Paulo d’Acampora.

Participaram da atividade crianças do último nível da educação infantil e os 1º e 2º anos do ensino fundamental das escolas municipais do interior de Chiapetta, Haydeé Chiapetta e São José, e as escolas de Santo Augusto, Escolas Municipais Antônio João, Sol Nascente, Antônio Liberato e Rui Barbosa e as Escolas Estaduais Senador Alberto Pasqualini – CIEP e José Andrighetto, totalizando mais de 450 pessoas.

O projeto objetiva conscientizar o público sobre a importância das histórias para a formação de leitores, pois contribui para o desenvolvimento  de  atitudes  sociais  como  o respeito  às diferenças,  solidariedade,  consideração  pelo  outro,  além  de  desenvolver todo  um potencial crítico. O festival mobilizou crianças, adolescentes e adultos que formaram grupos de contadores de histórias, com o objetivo de atender as demandas de solicitação para esta atividade.

Fizeram parte do festival os contadores do Centro do Idoso de Santo Augusto, coordenados pela assistente social Elenice Allebrandt, alunas da Escola Municipal Haydee Chiapetta, alunos dos cursos técnicos do IFFar – Campus Santo Augusto, alunas da Escola Estadual de Ensino Médio Santo Augusto e integrantes do Léo Clube, todos orientados por Daniela d’Acampora.

As histórias contadas foram as seguintes: A Verdadeira História dos Três Porquinhos, de autoria de Jon Scieszka; A Bailarina, de Cecília Meirelles; A Descoberta da Dona Joaninha, de autoria de Belah Cordeiro; O Pintinho que nasceu quadrado, de Regina Chamlian e Helena Alexandrino; História Engatada, de Sylvia Orthof; A história bela do gato e da panela, de Jonas Ribeiro; A Casa Sonolenta, de Andrey Wood; A Dona Baratinha, de Ana Maria Machado.

Para Daniela, contar histórias sempre é mágico, tanto para quem conta quanto para quem ouve. “Ver um auditório lotado a cada sessão, com rostinhos vidrados é uma emoção indescritível. Envolver crianças, adolescentes e idosos nesta viagem encantadora também foi inspirador! Para as crianças com certeza apresentamos momentos prazerosos. E para os envolvidos, fica o sentimento de missão cumprida, pois todo o empenho e dedicação de cada contador neste dia, auxiliará na formação de novos leitores”.

Segundo Daniela, o festival foi preparado com muito carinho por todas as pessoas que colaboraram. “Quero expressar o meu agradecimento e gratidão aos contadores, voluntários, colaboradores, bolsistas do projeto, a equipe da Biblioteca Mário Quintana, a Banda IF Musical, a Direção do IFFar – Campus Santo Augusto e ao Pipoca’s, por terem feito o evento acontecer”.  

Ascom Campus Santo Augusto

registrado em:
Fim do conteúdo da página