Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Servidoras e servidores do IFFar apoiam o Outubro Rosa
Início do conteúdo da página
Notícias Alegrete

Servidoras e servidores do IFFar apoiam o Outubro Rosa

Publicado em Sexta, 16 de Outubro de 2020, 10h14 | por Gabinete Alegrete | Voltar à página anterior

Servidoras e servidores de todos os campi e da reitoria do Instituto Federal Farroupilha participam de campanha de apoio ao movimento internacional para o controle do câncer de mama. 

noticia_outubro_rosa-04.png

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para a prevenção e o controle do câncer de mama. Ele foi criado no início da década de 1990, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, e instituído oficialmente no Brasil pela Lei nº 13.733/2018.

A fim de chamar a atenção para essa importante causa, desde o começo do mês o IFFar compartilha em seus perfis do Facebook e do Instagram fotos enviadas por servidoras e servidores em apoio ao Outubro Rosa. A iniciativa é do Setor de Saúde da reitoria, produzida em parceria com a Secom.

Sobre o câncer de mama

O câncer de mama é o tipo mais comum de câncer entre as mulheres, no Brasil e no mundo, correspondendo a cerca de 25% dos casos novos da doença a cada ano. Esse percentual é de 29% entre as brasileiras. Homens também podem ter câncer de mama, apesar de mais raro (apenas 1% dos casos).

Nesse contexto, a prevenção por meio do controle dos fatores de risco e o diagnóstico precoce podem salvar vidas.

Prevenção - a doença não é totalmente prevenível. Contudo, segundo o Ministério da Saúde, pode-se reduzir o risco de câncer de mama a partir da adoção de hábitos saudáveis, como: manter o peso corporal adequado; praticar atividade física; evitar o consumo de bebidas alcoólicas; evitar o uso de hormônios sintéticos; e amamentar.

Diagnóstico precoce - um em cada três casos de câncer pode ser curado se descoberto logo no início. Por isso, é imprescindível que todas as mulheres, de todas as idades, conheçam muito bem seus corpos a fim de identificar o que é ou não normal em suas mamas. Realizar exames de rotina também é muito importante para o diagnóstico precoce do câncer.

Confira mais informações sobre o câncer de mama na cartilha produzida pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca).

 

Secom, com informações do Ministério da Saúde e do Inca

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página