Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > Comitê discute como será a retomada das atividades letivas remotas 
Início do conteúdo da página
Notícias IF Farroupilha

Comitê discute como será a retomada das atividades letivas remotas 

Publicado em Segunda, 29 de Junho de 2020, 15h05 | por Assessoria de Comunicação | Voltar à página anterior

No dia 26 de junho, o Comitê Institucional de Emergência do IFFar (CIE) realizou a 15ª reunião desde a sua criação, em março. Entre as pautas, estavam: relatos de dados sobre a pandemia nos municípios onde o Instituto possui unidades; estudos de projeção para o retorno das atividades acadêmicas remotas e/ou presenciais; e estratégias institucionais para garantir a saúde física e mental dos servidores.

tb.jpg

Confira o resumo com os principais pontos de discussão e encaminhamentos:

 

Relato de dados relativos à pandemia

A reunião iniciou com a apresentação dos dados relativos ao Coronavírus nas cidades em que há unidades do IFFar a partir do relato de casos suspeitos, monitorados, descartados e confirmados. 

Projeção de retorno às atividades acadêmicas remotas e presenciais

Além das normativas federais vigentes, qualquer tomada de decisão quanto ao retorno das atividades remotas e/ou presenciais no IFFar terá como base estudos e pesquisas que vêm sendo feitas com estudantes e servidores. É o que afirmou a reitora, Carla Comerlato Jardim, durante a reunião. A gestora destacou, ainda, que a prerrogativa para a definição de como e quando isso ocorrerá é do Conselho Superior, instância deliberativa do Instituto Federal Farroupilha.

Dessa forma, se aprovado pelo Consup, o retorno das atividades letivas remotas poderá acontecer entre o final de julho e o começo de agosto. Para isso, equipes de todas as unidades e cursos estão analisando as condições para que a retomada ocorra da melhor maneira possível. Estudantes e servidores também estão sendo consultados.

Segundo o pró-reitor de Ensino, Édison Brito, a proposta é que não sejam trabalhadas todas as disciplinas ao mesmo tempo, mas por escala. Ainda não está definido se haverá exames e a forma como eles ocorrerão no formato não presencial. Assim que essas e outras questões forem definidas, estudantes serão informados sobre como a continuidade das atividades funcionará.

O pró-reitor também informou que, antes do retorno das aulas, docentes vão receber formação para aperfeiçoar o uso de ferramentas digitais. 

A possibilidade de retomar as atividades letivas remotamente foi autorizada em caráter excepcional pelo Ministério da Educação no dia 16 de junho. A portaria nº 544/2020 prevê a substituição das disciplinas presenciais por “atividades letivas que utilizem recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais” nas instituições de ensino da rede federal. 

Por enquanto, não há previsão de retomada das atividades presenciais. Segundo a reitora, é de entendimento da gestão que isso não deva ocorrer durante o inverno, época em que há aumento das doenças respiratórias no estado. Quando houver condições para tal, o retorno será organizado conforme o Plano de Contingência do IFFar para a Prevenção, Monitoramento e Controle do Novo Coronavírus, apresentado no encontro anterior do CIE.

O levantamento de servidores que fazem parte do grupo de risco da Covid-19 já foi concluído; agora, uma nova pesquisa quer saber quantos moram com pessoas que também se enquadrem nesse grupo - que inclui idosos, imunodeficientes, doentes crônicos, grávidas e lactantes. Para isso, servidores devem preencher uma autodeclaração de coabitação até o próximo dia 7.  

Estratégia institucional de saúde física e mental para servidores 

Durante a reunião, a reitora do IFFar solicitou ao Comitê de Saúde Mental e Qualidade de Vida o desenvolvimento de uma ação específica visando ao cuidado de servidores em tempos de pandemia e trabalho remoto. A coordenadora, Fernanda Machado, informou que o comitê está atuando em duas frentes: uma voltada para o atendimento psicológico de servidores e estudantes e outra voltada para o compartilhamento de informações e dicas (ações “Cuide-se em Casa”). Saiba mais aqui.

Foram pontuadas questões acerca das condições do trabalho remoto e dos impactos do cenário de pandemia na saúde física e mental. Nesse sentido, a reitora solicitou a produção de materiais específicos para os servidores; uma maior divulgação do atendimento psicológico; e a composição de um grupo para elaborar diretrizes e orientações para o trabalho remoto. 
 

Organização do trabalho seguro em tempos de Covid-19

Neste encontro, também foi discutido o comunicado enviado pelo Ministério da Economia na última quinta-feira (26) com orientações para a  execução do trabalho na rede federal no contexto atual de pandemia, de forma a garantir a “permanente atenção e cuidados com a saúde, a segurança e a proteção dos agentes públicos”. A partir do documento, o GT responsável irá verificar se há necessidade de adequações no Plano de Contingência do IFFar.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Arthur Frantz, informou que a PRPPGI está trabalhando no levantamento de dados e na verificação da infraestrutura física de laboratório do Campus Frederico Wesphalen visando à realização da análise de 
testes para detecção da Covid-19. A coleta do material ocorrerá em parceria com o SUS e a
 análise dos resultados ficará a cargo do Instituto. O pró-reitor pontuou que o objetivo inicial é de 
qualificar a estrutura do laboratório e, em momento posterior, reunir-se com o serviço de saúde para
 verificar qual público o IFFar poderá atender. 

Acompanhe

A próxima reunião do CIE vai ocorrer no dia 10 de julho. Todos os encontros são transmitidos pela internet e podem ser assistidos posteriormente na página da WebTV do IFFar no YouTube. 

Reuniões anteriores

Confira os boletins de outras reuniões do CIE.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha
Alameda Santiago do Chile, 195 - Nossa Sra. das Dores - CEP 97050-685 - Santa Maria - Rio Grande do Sul. Telefone: (55) 3218-9800