Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Codir: confira os destaques da segunda parte da reunião
Início do conteúdo da página
Notícias IF Farroupilha

Codir: confira os destaques da segunda parte da reunião

Publicado em Quinta, 22 de Setembro de 2022, 16h10 | por Assessoria de Comunicação | Voltar à página anterior

O Instituto Federal Farroupilha (IFFar) realizou na tarde desta quarta-feira (21) a 7ª Reunião Ordinária do Colégio de Dirigentes, no Auditório da Reitoria. A reunião foi transmitida ao vivo pelo YouTube, no canal da WebTV. Nesta notícia, destacamos os principais informes e deliberações da segunda parte do encontro.

Reunião Ordinária do Codir.png

 

Acesse nesta notícia os destaques da primeira parte da reunião.

Atividade TAE - Após o intervalo, o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Carlos Lehn informou aos presentes o andamento da elaboração do Regulamento da Atividade TAE no IFFar. Após concluída pela PRDI, a minuta do documento foi enviada para revisão e contribuições da CIS e das unidades. A versão final irá para apreciação do Codir em novembro e do Conselho Superior em dezembro.

CISSP - Os dirigentes aprovaram a minuta da resolução que irá regulamentar a atuação das Comissões Internas de Saúde do Servidor Público (CISSP) no Instituto. A técnica em segurança do trabalho Verônica Brondani falou do processo de elaboração do regulamento e apresentou os principais pontos. Conforme explicou a servidora, as comissões serão formadas por 4 a 8 servidores voluntários. A formação das CISSP está prevista na resolução nº 073/2019, que Aprova a Política da Qualidade de Vida no Trabalho do IFFar, e na Portaria SRH/MPOG nº 03/2010.

Semana do Desenvolvimento Institucional - Nos informes da PRDI, o pró-reitor Carlos Lehn mencionou a Semana do Desenvolvimento Institucional, que será realizada de 23 a 25 de novembro. Entre as pautas do evento, estarão: liderança em tempos acelerados; gestão de projetos na TI; relações interpessoais no contexto do Programa de Gestão; governança no serviço público; e inteligência emocional no exercício de cargos de chefia.

Números da MEPT - Nas pautas da PRPPGI, o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Arthur Frantz, apresentou dados e gráficos referentes aos trabalhos que farão parte da XIII Mostra de Educação Profissional e Tecnológica (MEPT). Neste ano, o evento é realizado de forma híbrida. A parte presencial será no dia 14 de outubro, no Campus Santo Ângelo, com apresentações, palestras e premiações (mais informações nesta página).

No total, foram recebidos 330 trabalhos. Desses, 309 são para a Mostra de Ensino, Pesquisa e Extensão, sendo que 90 serão apresentados presencialmente. Os demais são para a Mostra de Inovação (12) e para o Seminário de Pós-Graduação (9). Para o desafio de empreendedorismo Bye Bye Boss, estão inscritas 40 equipes. A Mostra de Foguetes conta com duas equipes por campus do IFFar (com exceção apenas de São Borja e Alegrete), assim como o torneio de programação Bugcup (com exceção do Campus Santa Rosa, que não possui cursos na área de informática).

Pós-Graduação - O pró-reitor Arthur Frantz também trouxe informações sobre os processos seletivos da pós-graduação lato sensu dos últimos quatro anos (2019-2022). O objetivo, segundo ele, foi apresentar dados ao Colégio para embasar decisões futuras. No período mencionado, o IFFar ofertou 20 cursos de especialização: 17 presenciais e 3 EaD, sendo que os da modalidade a distância foram ofertados pela primeira vez neste ano. Acerca das seleções de 2022, o pró-reitor destacou a busca por cursos EaD, em número significativamente maior de inscrições e matrículas se comparado aos cursos presenciais.

Edital Carrefour - A pró-reitora de Ensino, Patrícia Donicht, informou que o IFFar irá participar do edital de chamamento público para Ações Afirmativas do Carrefour, o qual visa à oferta de bolsas de estudo e permanência para estudantes autodeclarados negros (pretos e pardos) de graduação e de pós. Um dos requisitos para a inscrição institucional no certame é a indicação do número de bolsas pretendidas, explicou a dirigente. Assim, para fazer esse levantamento, a Proen disponibilizou um formulário para registro de interesse dos estudantes em participar, futuramente, de seleção interna para concorrerem a essas bolsas. O formulário está disponível neste link e pode ser respondido até 25 de setembro. 

Pautas da Proex - A pró-reitora de Extensão, Ângela Marinho, trouxe para parecer e ciência do Codir as propostas de Programas Institucionais organizados pela Proex, mas que envolvem o Instituto como um todo. São eles: Agenda 2030/Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS); Cidades Educadoras; e Geoparque Raízes de Pedra. A dirigente explicou que esses programas estão interligados e que o primeiro deles (Agenda 2030 e ODS) é o programa guarda-chuva, uma vez que todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU vêm ao encontro das práticas do IFFar, envolvendo ações de pesquisa, ensino e extensão.

Ângela Marinho também apresentou a proposta da Rede Gaúcha de Instituições para a Educação Sustentável (REGIES), criada em maio. A Rede envolve IES do estado (além do IFFar, UERGS, UFRGS, Unipampa, UFPel, UFFS, FURG, UFCSPA e IFSul), além da Secretaria Municipal de Educação de Santa Maria (SMEd). A REGIES será lançada oficialmente em novembro.

A pró-reitora destacou, ainda, o lançamento do observatório do currículo integrado do IFFar, realizado no último dia 15, e a aprovação de todos os trabalhos enviados pelo IFFar para o 40º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS).

Centros de Idiomas - a Assessora de Relações Internacionais, Janete Arnt, falou sobre o trabalho e os desafios da estruturação dos centros de idiomas nas unidades do IFFar. Ela destacou o edital lançado em agosto com o objetivo de selecionar estudantes para cursos de inglês e espanhol ofertados em seis campi. O processo recebeu 600 inscrições para as 180 vagas disponíveis. A oferta dos cursos de idiomas vai ao encontro do PDI vigente, lembrou a assessora. O documento prevê a disponibilização de pelo menos uma língua estrangeira extracurricular em todas as unidades até 2026.

 

Secom

registrado em:
Fim do conteúdo da página