Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > IFFar produz e doa materiais e alimentos a prefeituras e instituições
Início do conteúdo da página
Notícias IF Farroupilha

IFFar produz e doa materiais e alimentos a prefeituras e instituições

Publicado em Quarta, 06 de Mai de 2020, 18h00 | por Assessoria de Comunicação | Voltar à página anterior

Desde a suspensão das atividades presenciais em virtude da pandemia causada pelo novo Coronavírus, no dia 17 de março, as unidades do IFFar doaram alimentos para diversas prefeituras e instituições. Alguns campi também produziram máscaras e álcool glicerinado, alternativa recomendada pela Organização Mundial da Saúde ao álcool gel. Veja lista de ações desenvolvidas pela instituição.

produção alcool glicerinado Alegrete 1 628x511 equal

Imagem: servidor do IFFar produz álcool glicerinado em laboratório do Campus Alegrete

Para auxiliar na redução dos efeitos econômicos causados pelo pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus, as unidades do Instituto Federal Farroupilha vêm realizando a produção e doação de materiais e alimentos a prefeituras e entidades engajadas em medidas de combate à doença. Os alimentos são, em sua maioria, produção dos próprios campi. Os alimentos normalmente seriam usados nos restaurantes universitários e tornaram-se excedentes com a suspensão das atividades presenciais.

Além de doar os alimentos para entidades e prefeituras, algumas unidades também entregaram kits para alunos em situação de vulnerabilidade social. O Campus São Vicente do Sul doou 82 kits de alimentos a estudantes através de edital. Para o município, foram doados mais de 200kg de carnes e quase 300kg de vegetais. O Campus Jaguari doou 785kg de hortaliças para o asilo, o hospital e o presídio estadual do município.

Algumas unidades também doaram materiais de higiene para hospitais e secretarias municipais de saúde. O Campus Santo Augusto, por exemplo, doou mais de 40 litros de álcool e 9 caixas de máscaras descartáveis para a Secretaria de Saúde do município.

Produção de álcool glicerinado e máscaras protetoras nos campus

Os campi Frederico Westphalen, Santa Rosa e Panambi produziram protetores faciais tipo face shield utilizando impressoras 3D da instituição. As máscaras produzidas em Frederico Westphaen foram doadas para hospitais do próprio município e de outras cidades da região: Caiçara, Constantina, Taquaruçu e Alpestre.

WhatsApp Image 2020 03 27 at 3.38.54 PM 1

Imagem: produção de protetores faciais tipo face shield no Campus Santa Rosa

Em Alegrete e São Vicente do Sul foram produzidos mais de 100 litros de álcool etílico glicerinado 80%. De acordo com o Campus Alegrete, este material é uma alternativa recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) ao álcool gel. Os materiais foram doados a hospitais da região.

Lista de ações desenvolvidas pelo IFFar

  • Produção de 300 litros de detergente e distribuição em diferentes bairros da cidade de Frederico Westphalen através da CUFA (Central Única das Favelas);
  • Produção de protetores faciais em impressora 3D e distribuição em hospitais da região de Caiçara, Frederico Westphalen, Constantina, Taquaruçu do Sul e Alpestre;
  • Produção de 62 litros de álcool etílico glicerinado 80% (alternativa ao álcool gel 70%) e doação para o Hospital Irmandade da Santa Casa de Caridade de Alegrete;
  • Doação de 82 kits de alimentos para estudantes do Campus São Vicente do Sul. Integravam os kits 160kg de batata-doce, 82 unidades de brócolis, 82 unidades de moranga cabotiá, 160kg de mandioca descascada, 82kg de feijão, 82 duzias de ovos, 82kg de banha, 400kg de arroz, 250kg de carne suína, 220kg de frango, 82 litros de óleo de soja, 82kg de farinha de milho, 82kg de lentilha, 41kg de macarrão, 82kg de açúcar, 41 litros de álcool antisséptico 70º, 82 unidades de sabão em barra;
  • Doação de 1000 máscaras para a Secretaria de Saúde de São Vicente do Sul;
  • Transformação de álcool etílico 96% em álcool 70% para uso no Hospital Municipal de São Vicente do Sul;
  • Produção, envase e rotulagem, no Laboratório de Química do Campus São Vicente do Sul, de 96 litros de álcool antisséptico glicerinado;
  • Doação de 30 frascos de álcool glicerinado para o Presídio Estadual de São Vicente do Sul;
  • Doação de 15 frascos de álcool glicerinado para o Conselho Tutelar Municipal de São Vicente do Sul;
  • Doação de 150kg de carne de frango, 400 pés de alface, 64kg carne suína, 50kg de carne bovina moída, 182 dúzias de ovos, 34kg de banha 30kg de vagem, 60kg de tomate, 60kg maçã, 50kg de beterraba, 20kg de cebola, 30kg de cenoura para a Assistência Social de São Vicente do Sul;
  • Impressão e distribuição para Feirantes Familiares de São Vicente do Sul de informe produzido pela EMATER, com cuidados na comercialização de alimentos e distribuição de frascos de álcool antisséptico glicerinado;
  • Doação de 35kg de queijo para a Associação de Selecionadores de Material Reciclável de Santa Maria;
  • Doação de 394 dúzias de ovos para o Lar dos Idosos de São Vicente do Sul, o Lar dos Idosos de Jaguari, o Lar das Vovozinhas de Santa Maria, o Presídio Estadual de São Vicente do Sul, o Presídio Estadual de Jaguari, o Abrigo Novo Lar de São Vicente do Sul, a Liga de Combate ao Câncer de Cacequi e o Presídio Estadual de Cacequi;
  • Doação de 40kg de batata-doce, 25kg de moranga cabotiá e 20 unidades de sabão em barra para o Lar das Vovozinhas de Santa Maria;
  • Doação de 100 kg de carne suína para o Lar de Idosos de Cacequi e para a Liga de Combate ao Câncer de Cacequi;
  • Doação de 40kg de moranga e mogango; 30kg de farinha de trigo; 73 litros de óleo de soja; 13kg de queijo; 25 kg de massa de lasanha; 12,5 kg de lentilha; 51 vidros de pepino em conserva; 22 latas de leite condensado e 22 unidades e fermento químico para Assistência Social de Júlio de Castilhos;
  • Doação de 785kg e hortaliças; 80 pés de alface; 75 maços de tempero verde; 36kg de maracujá para Asilo Municipal de Jaguari, Hospital de Caridade de Jaguari e Presídio Estadual de Jaguari;
  • Produção de máscaras tipo face shields e doação para hospitais da região de Santa Rosa;
  • Doação de 102kg de açúcar, 16 frascos de leite de coco, 2kg de amido de milho; 7kg de polvilho, 600g de achocolatado; 3kg de bombons; 110kg de carnes; 13kg de mandioca; 850 unidades de bolos tipo cueca-virada; 11 maçãs e 13 litros de iogurte para a Secretaria Municipal de Habitação e Assistência Social de Santo Augusto;
  • Doação de 6 bobinas de sacos plásticos para esterilização; 78 pacotes de compressas de gaze hidrófila; 39 litros de álcool 96%; 15 caixas de luvas de vinil; 25 caixas de luva de látex; 5 caixas de luvas nitrílicas; 20 pacotes de sacos de lixo hospitalar (capacidade de 15 litros); 9 caixas de máscaras descartáveis; 50 pacotes de toucas descartáveis (100 unidades cada); 3 litros de álcool 70%; 10 unidades de detergente de louça (5 litros cada) 20 litros de desinfetante de uso geral para a Secretaria Municipal de Saúde de Santo Augusto;
  • Produção e doação de 500 litros de sabão líquido e 500 litros de desinfetante para a Secretaria de Assistência Social de São Borja. Os materiais produzidos pelo curso técnico em Cozinha serão repassados a famílias carentes pela secretaria;
  • Orientação a todos os estudantes do Campus São Borja para confecção e manipulação de máscaras caseiras seguras por meio de Prática Integrada, que prevê encontros virtuais;
  • Produção de 100 máscaras faciais e doação para profissionais de saúde de Panambi. A produção foi feita com apoio do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Panambi e doação de presilhas da Cotripal;
  • Doação de 4500 toucas cirúrgicas, 1400 pares de luvas descartáveis, 800 máscaras cirúrgicas e 6 máscaras N95 para hospitais de Panambi;
  • Distribuição de cestas básicas aos alunos em situação de vulnerabilidade do Campus Avançado Uruguaiana;
  • Doação de 500 máscaras descartáveis, 500 luvas para procedimento, 400 toucas descartáveis e 300 sacos de lixo para resíduos infectantes ao Hospital de Santo Ângelo.

Secom

registrado em:
Assunto(s):
Fim do conteúdo da página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha
Alameda Santiago do Chile, 195 - Nossa Sra. das Dores - CEP 97050-685 - Santa Maria - Rio Grande do Sul. Telefone: (55) 3218-9800