Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Últimas Notícias > CIE discute mapa de servidores em grupo de risco durante reunião
Início do conteúdo da página
Notícias IF Farroupilha

CIE discute mapa de servidores em grupo de risco durante reunião

Publicado em Segunda, 22 de Março de 2021, 10h31 | por Assessoria de Comunicação | Voltar à página anterior

No dia 26 de fevereiro de 2021, às 9h, foi realizada a 3ª reunião do Comitê Institucional de Emergência (CIE) do IFFar. Na pauta da reunião, estavam a atualização da situação da pandemia nas regiões do IFFar, o mapa de servidores pertencentes ao grupo de risco, o uso da academia do Campus Santo Augusto por servidores e o formulário de autodeclaração de condição necessária ao trabalho remoto.

boletimCIE1307 621x337 equal

Atualização da situação da pandemia nos municípios/regiões do IFFar

A reunião iniciou com a atualização da situação da pandemia nos municípios/regiões do IFFar. A Reitora Nídia Heringer falou sobre a mudança de cenário no Rio Grande do Sul. Ela informou que o governador aumentou as restrições e suspendeu o sistema de cogestão devido ao aumento exponencial de casos e ao iminente colapso no sistema de saúde. A Reitora destacou a qualidade dos dados e da análise técnica apresentada pelo governo estadual e observou que a situação é alarmante. Em razão disso, houve antecipação do mapa de bandeiras no estado. Nídia ponderou sobre o descontrole da situação em âmbito nacional e salientou que o Rio Grande do Sul passa pelo pior momento da pandemia.

A Reitora comentou sobre a finalização do segundo semestre letivo de 2020 e pontuou sobre o início do período de férias acadêmicas. Nídia relatou sobre contato realizado com o MEC sobre demanda de vacinação dos servidores. Ela mencionou que a Assembleia Legislativa do RS aprovou a aquisição de vacinas pelo governo estadual e ressaltou a necessidade de ampliar o processo de vacinação para conter o aumento do contágio.

Mapa de servidores pertencentes ao grupo de risco

O próximo ponto de discussão foi o mapa de servidores pertencentes ao grupo de risco. A Reitora falou sobre o plano de retorno presencial progressivo no segundo semestre de 2021 e comunicou que o Conselho Superior (Consup) aprovou a manutenção das atividades remotas para o primeiro semestre de 2021. Pontuou ainda sobre a necessidade de planejamento e atualização de dados relativos aos levantamentos realizados em 2020. Com base nos levantamentos, a unidade de saúde dos campi irá informar os servidores que não podem retomar as atividades presenciais.

O Núcleo de Saúde e Segurança do Trabalho (NSST) explicou que o setor analisará o cenário de servidores em grupo de risco conforme informações técnicas e informou que será disponibilizado um formulário de autodeclaração aos servidores para verificação do quantitativo em grupo de risco e/ou em coabitação, observando a base legal. O NSST pontuou sobre a metodologia adotada e observou que o servidor precisará anexar comprovante ao formulário. Além disso, o setor observará o sigilo das informações e repassará à Coordenação de Gestão de Pessoas (CGP) apenas os nomes dos servidores. Abordou-se o diálogo com a CGP sobre novo procedimento relativo à emissão de portaria indicando trabalho remoto por servidor e período, ponderou-se sobre a formalização dos servidores em atividade essencial e estimou-se que 12% dos servidores, aproximadamente, estão no grupo de risco/coabitação e que 25% necessitam de deslocamento entre cidades.

Uso da academia do Campus Santo Augusto por servidores

O próximo ponto da pauta foi o uso da academia do Campus Santo Augusto por servidores. A Diretora Geral do campus, Márcia Fink, apresentou solicitação de servidores da unidade sobre uso da academia. Nídia ponderou sobre a importância de realização de atividades físicas e observou que a instituição segue em atividades remotas. Salientou também que apenas atividades essenciais estão sendo autorizadas de forma presencial e explicou que a demanda era anterior ao cenário atual.

Formulário de autodeclaração de condição necessária ao trabalho remoto

O último ponto de discussão foi o formulário de autodeclaração de condição necessária ao trabalho remoto. Foi apresentado questionamento realizado por servidores do Campus Panambi ao CIE local sobre o item “e” do formulário, que trata sobre coabitação com filho em idade escolar. Foi questionada a pertinência da manutenção do item no formulário diante da retomada das atividades presenciais/rodízio nas escolas de educação básica. Os membros ponderaram sobre o entendimento de “grupo de risco”, manifestaram preocupação com as variantes e salientaram a mudança no perfil do público contaminado. A Reitora pontuou sobre o planejamento e o levantamento de dados atualizados, com vista ao retorno progressivo. Observou que a realização de atividades presenciais será episódica até a vacinação massiva da população e destacou que os dados são necessários tanto para o público interno quanto para o externo, bem como para subsidiar a gestão.

Encaminhamentos

Formalizar aos campi a demanda para atualização dos levantamentos realizados em 2020;

Pautar na próxima reunião do CIE os dados atualizados para subsidiar as decisões a partir de abril;

Ajustar a agenda de reuniões do CIE, considerando a suspensão da reunião do dia 12 de março.

 

A reunião foi realizada pela plataforma online MConf.  

registrado em:
Fim do conteúdo da página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha
Alameda Santiago do Chile, 195 - Nossa Sra. das Dores - CEP 97050-685 - Santa Maria - Rio Grande do Sul. Telefone: (55) 3218-9800