Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

IFFar

Na terça-feira, 02/04, integrantes dos três Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas do IFFar – Campus Panambi promoveram um atividade de sensibilização com discentes de algumas turmas de cursos superiores.  

A atividade ocorreu no formato de oficinas, orientadas pelos temas educação, diversidade e inclusão, trabalhadas a partir da perspectiva de cada Núcleo (Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais – NAPNE; Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual – NUGEDIS; e Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – NEABI).

A formação objetivou sensibilizar e propor reflexões sobre o papel de todos no fazer educativo diário, com vistas a trilhar o caminho do reconhecimento da alteridade.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 03/04/19
  • 21h19

Na quarta, 21/11, os representantes dos três Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas do IFFar – Campus Panambi promoveram um atividade de formação para todos os servidores da instituição.

A atividade ocorreu no formato de oficinas, orientadas pelos temas educação, diversidade e inclusão, trabalhadas a partir da perspectiva de cada Núcleo (Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais – NAPNE; Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual – NUGEDIS; e Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – NEABI).

A formação objetivou sensibilizar e propor reflexões sobre o papel de todos no fazer educativo diário, com vistas a trilhar o caminho do reconhecimento da alteridade. O encontro foi a quarta atividade formativa do ano, organizada pelos Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas (CAI).

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 22/11/18
  • 15h46

Em comemoração ao Dia Nacional do Surdo, 26/09, o Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) do IFFar – Campus Panambi organizou uma exposição de produções culturais surdas, a qual está disposta no hall de entrada do campus até sexta-feira, 28/09.

As produções expostas tratam da história da comunidade surda, das lutas, imposições e proibições de uso da Língua de Sinais, nos provocando a pensar sobre estes sujeitos de modo contextualizado e problematizador. A Comunidade Surda Brasileira comemora em 26 de setembro, o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas as lutas históricas por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania.

Convidamos todos/as para prestigiar a exposição.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 25/09/18
  • 11h24

Na noite de quinta, 13/09, os alunos dos cursos técnicos e superiores noturnos tiveram a oportunidade de refletir sobre o processo de inclusão social e escolar, a partir da exibição do filme “Meu nome é Rádio”. O filme foi inspirado em uma história real e retrata o caso de um sujeito com deficiência intelectual que enfrenta preconceitos e dificuldades para ser aceito pela comunidade.

O filme coloca em evidência as diferentes habilidades das pessoas e os diferentes tempos e modos de aprender, abordando, de forma muito humana, as relações entre aluno/professor, pai/família e cidadão/comunidade.

A exibição do filme, com posterior debate, foi uma ação proposta por integrantes do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) e integra o projeto CineViver. Ao final da atividade, uma das frases do filme sintetizou bem o impacto da ação entre os participantes: "Nunca é um erro se importar com alguém”. 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 14/09/18
  • 10h24

O Núcleo de Apoio à Pessoa com Necessidades Especiais (NAPNE) do IFFar - Campus Panambi exibiu, no último sábado, o filme indiano chamado "Black”, dirigido por Sanjay Leela Bhansali. O filme trata do caso de uma moça surdo-cega e todo seu processo de desenvolvimento e aprendizagens a partir do trabalho de um professor. Após a exibição, os representantes do NAPNE e a Coordenadora de Ações Inclusiva do campus, Daniela Medeiros, conduziram uma discussão sobre as temáticas suscitadas pelo filme.

“O propósito do debate foi provocar a pensar sobre o processo de desenvolvimento de cada sujeito, considerando suas especificidades, e quais as possibilidades de educadores e educadoras diante disso; o significado da linguagem para o sujeito e da aposta do(s) outro(s) sobre ele”, explicou Daniela.

 

CineViver: Projeto desenvolvido pela Coordenação de Ações Inclusivas do IFFar – Campus Panambi que visa propiciar momentos de discussão com os estudantes acerca das temáticas centrais que perpassam cada um dos núcleos inclusivos a partir da exibição de filmes. 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 25/10/17
  • 20h48

Durante todo o dia de 16 de agosto o Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi realizou a 2º Edição do ComViver – das possibilidades de viver a alteridade. O evento contou com a presença de servidores e representantes de entidades que atuam na educação no município, com o objetivo de refletir sobre o papel da escola enquanto espaço educacional no qual as pessoas têm a oportunidade de escolher como querem ser/fazer suas práticas educativas, pedagógicas e políticas.


O ComViver 2016 foi uma ação da Coordenação de Ações Inclusivas (CAI) do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi e de seus núcleos inclusivos: Núcleo de Apoio a Pessoas de Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual (NUGEDIS).


Segundo a professora Lisiane Goettems, Coordenadora substituta da CAI, "o evento reforçou a importância da articulação e engajamento dos três núcleos ligados à Coordenação de Ações Inclusivas. As palestras, oficinas e minicursos desenvolvidos ao longo do evento despertaram envolvimento, curiosidade, sensibilidade e tensionamentos diversos, que somados a uma ornamentação temática no local do evento, geraram ricos diálogos entre os participantes que puderam refletir acerca das diversas possibilidades de viver a alteridade e desenvolver a cultura de respeito às diferenças, em todo e qualquer ambiente social e, inegavelmente, no ambiente educativo.


Outro fator que merece destaque, nesta 2ª edição do evento, diz respeito à presença e envolvimento da comunidade externa, representada por diferentes segmentos da cidade de Panambi. A aproximação reforçou o reconhecimento do IFFar na cidade, demarcando que outros movimentos semelhantes a este evento devam continuar sendo promovidos, estreitando laços entre educandários, secretarias, conselhos municipais e demais grupos de articulação da cidade. Além do que, a presença de representantes de nossa reitoria, demarcaram valorização ao evento e trouxeram em suas falas o brilhante manifestar de orgulho e comprometimento que o Campus Panambi sempre revela em tudo que desenvolve e, que em especial neste evento da CAI, surpreendeu mais uma vez".

Participantes
Édison Gonzague Brito da Silva, Diretor de Ensino da Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal Farroupilha e Susi Mara Alves, Coordenadora da CAI Reitoria ampliaram as reflexões sobre o papel da educação em relação à diversidade humana, sobretudo no contexto educacional, resultando em uma participação atuante durante o evento. Também estiveram presentes, compartilhando experiências e reflexões, integrantes do Grupo de Articulação para Inclusão de Pessoas com Deficiência no Mercado de trabalho de Panambi; da Secretaria Municipal de Educação; do Conselho Municipal de Educação e do CAPS João-de-barro, ligado à Secretaria Municipal da Saúde.

O evento
A atividade foi compostas pela palestra “Desigualdades e instituições educacionais no século XXI”, com o professor Bernardo Mattes Caprara, da Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Erechim, no turno da manhã, e por oficinas e minicursos no turno da tarde: “As relações étnico-raciais no contexto histórico do Rio Grande do Sul e do Brasil e suas implicações na educação”, com o professor Ênio Grigio (IFFar – Campus Júlio de Castilhos); “Refletindo sobre aprendizagem”, com a fonoaudióloga e psicopedagoga Nara Pizarro (Clínica C&C Care, de Panambi) e “Reflexões sobre a diversidade sexual: de onde falamos?”, com o professor Everton Fêrrer de Oliveira (Universidade Federal do Pampa – Campus Jaguarão).

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 22/08/16
  • 08h07

Repensar, dialogar e construir uma nova perspectiva a partir da problematização das diversidades foi o objetivo central da ação integrada realizada pelos Núcleos de Ações Inclusivas do Campus Panambi na semana entre 6 e 10 de maio de 2016.

A ação conjunta realizou-se em todas as turmas de primeiro ano dos cursos técnicos integrados – regular e PROEJA, e do curso concomitante em Nutrição e Dietética, ofertado na modalidade PRONATEC.

A proposta consistiu na execução de uma dinâmica com perguntas aos alunos em cada uma das turmas participantes sobre assuntos pertinentes aos núcleos inclusivos, tais como preconceito étnico, orientação sexual, deficiência física, modos de vestir, etc. As respostas a cada pergunta foram respondidas mediante palmas. Os alunos utilizaram vendas durante a realização das perguntas, o que os deixou à vontade parar refletir sobre as afirmações lidas e manifestar sua posição, sem o risco do julgamento dos colegas.

Ao final da atividade, todos participaram do debate, sem as vendas, fazendo do espaço escolar um local propício a (re)pensar os preconceitos e estigmas atribuídos principalmente a mulheres/gays/negros/indígenas e pessoas com deficiência.

Respeito, tolerância para pensar, em conjunto, a mudança de um paradigma cultural que ainda exclui e diferencia todos aqueles que consideramos diferentes”. Essa é a mensagem que os representantes do Núcleo de Gênero e Diversidade (NUGEDI), Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) compartilharam com os participantes durante a ação integrada.

 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 14/06/16
  • 11h13

No último sábado, 9 de Abril, teve início a primeira sessão do CineViver 2016, que é uma ação que visa propiciar momentos de discussão com @s estudantes acerca das temáticas centrais que perpassam cada um dos núcleos inclusivos Campus Panambi do Instituto Federal Farroupilha, que estão ligados à Coordenação de Ações Inclusivas.

Os debates acerca do Transtorno do Espectro do Autismo - TEA - atraíram o público no último sábado. Após a projeção do filme Temple Grandin (EUA, 2010), integrantes do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Especiais (NAPNE) coordenaram um debate sobre os principais assuntos suscitados pelo filme, obtendo participação ampla dos presentes.

 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 12/04/16
  • 09h20
Fim do conteúdo da página