Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > coordenacao de acoes inclusivas
Início do conteúdo da página

IFFar

Entre os dia 22 e 23 de outubro o Campus Panambi foi sede do V SEDI, evento institucional multicampi que objetivou oportunizar espaços de reflexão, formação e discussão sobre educação, diversidade e inclusão e suas articulações. A programação incluiu exposições, lançamento de livro, palestras e mesas redondas que perpassaram temas como associativismo negro no RS, deficiências e mundo do trabalho, formas de evitar adoecimentos acadêmicos, relato de experiências e mediação de conflitos nas escolas. Cerca de 200 pessoas prestigiaram o evento, que contou com palestrantes de diversas entidades e instituições do Rio Grande do Sul.

De acordo com Alessandro Callai Bazzan, Diretor Geral do Campus Panambi, “o evento demonstrou que precisamos aprender mais sobre a inclusão e diversidade no contexto escolar, para que possamos executar nossas atividades como educadores de uma maneira mais ‘eficiente’".

A gravação com todas as atividades do evento está disponível no canal da WebTv do IFFar, nos links informados abaixo.

Conferência de abertura “Associativismo negro no Rio Grande do Sul: entre a escravidão e a liberdade” - Ênio Grigio (IFFar/Campus Júlio de Castil-
hos). Mediação: Alaides Catarina dos Santos Pereira (IFFar/ Campus Panambi).

https://www.youtube.com/watch?v=nNDILLQg4Ls 

Mesa redonda “Possibilidades de evitar os adoecimentos acadêmicos” - Ana Margareth Siqueira Bassols e Roberta Zanini (Projeto Pega Leve/UFRGS) e Graciele Dotto Castro (IFFar/Campus São Vicente do Sul). Mediação: Hermes Gilber Uberti (IFFar/Campus São Vicente do Sul).

https://www.youtube.com/watch?v=SlgYoEWx0F4 

Mesa redonda “Deficiência no mundo do trabalho” - Cristina Lasch dos Santos (Representantes do Grupo de Articulação para Inclusão no Mercado do Trabalho do Município de Panambi), Eusébio da Cunha Paim (IFFar/Campus Jaguari). Mediação: Fernanda de Camargo Machado (IFFar/Campus Alegrete).

Relato de experiência - Gabriella Meindrad Santos de Souza. Mediação: Sylvia Messer (IFFar/Campus Panambi).

https://www.youtube.com/watch?v=tcr126dvAC0 

Mesa redonda “Mediação de conflitos no âmbito escolar”, Ester Eliana Hauser (UNIJUÍ), Daniela Camargo (IFFar/Campus Santo Ângelo) - Mediação: Rafaelle Ribeiro Gonçalves (IFFar/Campus Panambi).

https://www.youtube.com/watch?v=65CCfJjMn44

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 24/10/19
  • 11h53

Na terça-feira, 02/04, integrantes dos três Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas do IFFar – Campus Panambi promoveram um atividade de sensibilização com discentes de algumas turmas de cursos superiores.  

A atividade ocorreu no formato de oficinas, orientadas pelos temas educação, diversidade e inclusão, trabalhadas a partir da perspectiva de cada Núcleo (Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais – NAPNE; Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual – NUGEDIS; e Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – NEABI).

A formação objetivou sensibilizar e propor reflexões sobre o papel de todos no fazer educativo diário, com vistas a trilhar o caminho do reconhecimento da alteridade.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 03/04/19
  • 21h19

O IFFar – Campus Panambi dispõe de uma vaga para monitoria junto à Coordenação de Ações Inclusivas. A monitoria consiste em ações de apoio à escolarização de alunos com dificuldades cognitivas e deficiência em sala de aula comum, supervisionadas pela Coordenação de Ações Inclusivas e por membros efetivos do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), além do assessoramento em projetos e ações de apoio a estudantes com deficiência.

A carga horária semanal é de 20h de atividades. A bolsa terá duração de 9 a 10 meses, com o valor mensal de R$300,00.

Para concorrer ao benefício o/a discente deve estar devidamente matriculado/a em cursos superiores, sendo preferencialmente em curso de Licenciatura Plena; ter disponibilidade para atuar durante o dia (manhã ou tarde) e dedicar-se às atividades previstas no plano de trabalho, sem prejuízo as demais atividades curriculares.

As inscrições devem ser realizadas entre 18 e 21 de fevereiro de 2019, das 07h30min até 22h30min, no Setor de Apoio Pedagógico do Campus Panambi. Poderão se inscrever presencialmente e/ou enviando a documentação assinada e escaneada para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. As entrevistas dos/as candidatos/as serão realizadas no dia 25 de fevereiro (segunda-feira), das 13h30mins às 17h, na sala da Coordenação de Ações Inclusivas do IF Farroupilha, Prédio A, andar térreo.

Informações complementares podem ser obtidas no Edital 022/2019, disponível em www.iffarroupilha.edu.br/panambi/editais.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 18/02/19
  • 17h14

Na quarta, 21/11, os representantes dos três Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas do IFFar – Campus Panambi promoveram um atividade de formação para todos os servidores da instituição.

A atividade ocorreu no formato de oficinas, orientadas pelos temas educação, diversidade e inclusão, trabalhadas a partir da perspectiva de cada Núcleo (Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais – NAPNE; Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual – NUGEDIS; e Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – NEABI).

A formação objetivou sensibilizar e propor reflexões sobre o papel de todos no fazer educativo diário, com vistas a trilhar o caminho do reconhecimento da alteridade. O encontro foi a quarta atividade formativa do ano, organizada pelos Núcleos vinculados à Coordenação de Ações Inclusivas (CAI).

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 22/11/18
  • 15h46

Nos meses de Agosto, Setembro e Outubro a Coordenação de Ações Inclusivas (CAI) do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi realizou a III Edição do ComViver, atividade de formação que envolveu servidores do IFFar e professores da rede municipal de Panambi e municípios da região. O evento visou discutir e problematizar os processos de inclusão e diversidade no contexto escolar, perpassando discussões étnico-raciais, de gênero e relacionadas a diferentes tipos de deficiências.

Os últimos encontros foram realizados nos dias 5 e 6 de outubro. Na quinta-feira foram apresentados 11 trabalhos referentes aos GTs Políticas Públicas afirmativas; Ensino de Ciências, Inclusão escolar e ambientes de aprendizagem; e Inclusão escolar e TICS. Já na sexta-feira a professora Gabriela Felten da Maia realizou a palestra de encerramento do evento, com o tema "Gênero e sexualidade na educação: articulações necessárias para promoção de cidadania”. A fala teve como objetivo contextualizar o panorama atual das discussões de gênero e sexualidade na educação. A partir da palestra, os participantes tiveram a oportunidade de refletir sobre as dimensões de poder e hierarquização que constituem as relações de gênero no ambiente escolar.

Os alunos da APAE Panambi, André Fenske e Fernanda Chaves, fizeram uma emocionante apresentação cultural da última noite do evento. A apresentação teve coordenação da professora Ligia Vincensi de Miranda. Na ocasião também foram entregues aos representantes da APAE alguns jogos, brinquedos e livros arrecadados na campanha alusiva ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, promovida pelo IFFar.

O III ComViver gerará uma publicação com os trabalhos apresentados e com as palestras realizadas. A produção dos Anais será disponibilizada aos participantes em CD e os certificados para aqueles que completaram 75% de participação em todo o evento serão enviados por e-mail. A avaliação dos participantes do evento versou sobre o quanto as atividades formativas são valorosas para se pensar a teoria aplicada à prática das questões relacionadas à inclusão e diversidade no ambiente escolar. 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 16/10/17
  • 08h43

Nos dias 4 e 5 de outubro realizou-se o segundo encontro do ComViver 2017, evento formativo que reuniu servidores e alunos de cursos superiores do IFFar – Campus Panambi e professores dos municípios de Panambi, Condor e Santa Bárbara para debater temas relacionados à inclusão e diversidade.

No encontro do dia 04/09 o palestrante Lucas Henriques Viscardis abordou a “Sexualidade humana: evolução e genética” a partir de diversos estudos científicos que se utilizaram de experimentos com animais para analisar comportamentos em relação a experiências sexuais. O palestrante trouxe também dados sobre informações genéticas que podem identificar o comportamento homossexual em seres humanos, os quais indicam que a homossexualidade é uma variabilidade genética que temos na natureza humana, assim como em outras espécies animais. Segundo Viscardis, “Mais de 1500 espécies animais carregam a bandeira da liberdade LGBTT. Não há porque não entender o comportamento homossexual como não natural”. Ao final, após uma extensa sequência de perguntas do público, o palestrante destacou a relevância do papel da família na compreensão da heterogeneidade de fluidez de orientação sexual no sentido de acolher a diversidade em uma perspectiva de direito humano.

No encontro do dia 05/09 o evento contou com dois palestrantes. O professor de história do IFFar – Campus Júlio de Castilhos, Aristeu Castilhos da Rocha, abordou o “Protagonismo negro no Brasil”. Em sua fala o palestrante convidou os presentes a pensar, a partir de marcos históricos mundiais e locais, sobre o lugar ocupado pelos negros nas conquistas e diferentes acontecimentos da história do país, assim como a presença de negros nos filmes, na televisão, na música e em diferentes eventos culturais, possibilitando a compreensão do quanto cada um também pertence a essa etnia. Já o professor do Campus Panambi, Rudião Rafael Wisniewiski, falou sobre a “(in)visibilidade indígena”, provocando os presentes a desnaturalizar concepções e mitos em torno dos indígenas. O professor chamou a atenção para as especificidades culturais e educacionais desses sujeitos, bem como suas aproximações e distanciamentos com o restante da sociedade.

O ComViver é uma ação da Coordenação de Ações Inclusivas do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi e de seus núcleos inclusivos. O evento terá continuidade nos dias 05 e 06 de outubro, entre 19h e 22h30min, nas dependências do IFFar – Campus Panambi.

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 12/09/17
  • 16h59

Nos meses de Agosto, Setembro e Outubro a Coordenação de Ações Inclusivas (CAI) do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi realizará a III Edição do ComViver, atividade de formação que possui o intuito de discutir e problematizar os processos de inclusão e diversidade na contemporaneidade, sobretudo no contexto escolar.

Neste ano o evento é aberto à participação do público externo, que pode se inscrever como ouvinte ou para apresentar trabalho em um dos Grupos de Trabalho, que contemplam temáticas adjacentes ao mote central do evento: Inclusão e diversidade: desafios, discursos e contextos.Os encontros formativos ocorrerão nos dias 23 e 25 de agosto, 04 e 05 de setembro, 05 e 06 de outubro, sempre das 19h às 22h30min, nas dependências campus. Todos os participantes com frequência igual ou superior a 75% de participação receberão o certificado de 24 horas de atividades.

Informações complementares sobre o evento podem ser obtidas em http://comviver20172.000webhostapp.com/ e as inscrições devem ser realizadas via e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O prazo para inscrição de trabalhos encerra-se 7 de agosto e as inscrições para ouvintes vão até 21 de agosto.

O ComViver é uma ação da CAI e de seus núcleos inclusivos: Núcleo de Apoio a Pessoas de Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual (NUGEDIS).

Detalhes sobre a programação do ComViver 2017

O evento ofertará palestras, sessão de filmes com debates e comunicações orais organizadas por Grupos de Trabalho: GT1 – Formação de Professores em uma perspectiva inclusiva; GT 2 – Políticas Públicas afirmativas; GT 3 – Inclusão e diversidade no mercado de trabalho; GT 4 - Olhares sobre a inclusão escolar e as diversidades; GT 5 – Inclusão escolar e TICS. 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 21/07/17
  • 12h06

Durante todo o dia de 16 de agosto o Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi realizou a 2º Edição do ComViver – das possibilidades de viver a alteridade. O evento contou com a presença de servidores e representantes de entidades que atuam na educação no município, com o objetivo de refletir sobre o papel da escola enquanto espaço educacional no qual as pessoas têm a oportunidade de escolher como querem ser/fazer suas práticas educativas, pedagógicas e políticas.


O ComViver 2016 foi uma ação da Coordenação de Ações Inclusivas (CAI) do Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi e de seus núcleos inclusivos: Núcleo de Apoio a Pessoas de Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual (NUGEDIS).


Segundo a professora Lisiane Goettems, Coordenadora substituta da CAI, "o evento reforçou a importância da articulação e engajamento dos três núcleos ligados à Coordenação de Ações Inclusivas. As palestras, oficinas e minicursos desenvolvidos ao longo do evento despertaram envolvimento, curiosidade, sensibilidade e tensionamentos diversos, que somados a uma ornamentação temática no local do evento, geraram ricos diálogos entre os participantes que puderam refletir acerca das diversas possibilidades de viver a alteridade e desenvolver a cultura de respeito às diferenças, em todo e qualquer ambiente social e, inegavelmente, no ambiente educativo.


Outro fator que merece destaque, nesta 2ª edição do evento, diz respeito à presença e envolvimento da comunidade externa, representada por diferentes segmentos da cidade de Panambi. A aproximação reforçou o reconhecimento do IFFar na cidade, demarcando que outros movimentos semelhantes a este evento devam continuar sendo promovidos, estreitando laços entre educandários, secretarias, conselhos municipais e demais grupos de articulação da cidade. Além do que, a presença de representantes de nossa reitoria, demarcaram valorização ao evento e trouxeram em suas falas o brilhante manifestar de orgulho e comprometimento que o Campus Panambi sempre revela em tudo que desenvolve e, que em especial neste evento da CAI, surpreendeu mais uma vez".

Participantes
Édison Gonzague Brito da Silva, Diretor de Ensino da Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal Farroupilha e Susi Mara Alves, Coordenadora da CAI Reitoria ampliaram as reflexões sobre o papel da educação em relação à diversidade humana, sobretudo no contexto educacional, resultando em uma participação atuante durante o evento. Também estiveram presentes, compartilhando experiências e reflexões, integrantes do Grupo de Articulação para Inclusão de Pessoas com Deficiência no Mercado de trabalho de Panambi; da Secretaria Municipal de Educação; do Conselho Municipal de Educação e do CAPS João-de-barro, ligado à Secretaria Municipal da Saúde.

O evento
A atividade foi compostas pela palestra “Desigualdades e instituições educacionais no século XXI”, com o professor Bernardo Mattes Caprara, da Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Erechim, no turno da manhã, e por oficinas e minicursos no turno da tarde: “As relações étnico-raciais no contexto histórico do Rio Grande do Sul e do Brasil e suas implicações na educação”, com o professor Ênio Grigio (IFFar – Campus Júlio de Castilhos); “Refletindo sobre aprendizagem”, com a fonoaudióloga e psicopedagoga Nara Pizarro (Clínica C&C Care, de Panambi) e “Reflexões sobre a diversidade sexual: de onde falamos?”, com o professor Everton Fêrrer de Oliveira (Universidade Federal do Pampa – Campus Jaguarão).

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 22/08/16
  • 08h07

Repensar, dialogar e construir uma nova perspectiva a partir da problematização das diversidades foi o objetivo central da ação integrada realizada pelos Núcleos de Ações Inclusivas do Campus Panambi na semana entre 6 e 10 de maio de 2016.

A ação conjunta realizou-se em todas as turmas de primeiro ano dos cursos técnicos integrados – regular e PROEJA, e do curso concomitante em Nutrição e Dietética, ofertado na modalidade PRONATEC.

A proposta consistiu na execução de uma dinâmica com perguntas aos alunos em cada uma das turmas participantes sobre assuntos pertinentes aos núcleos inclusivos, tais como preconceito étnico, orientação sexual, deficiência física, modos de vestir, etc. As respostas a cada pergunta foram respondidas mediante palmas. Os alunos utilizaram vendas durante a realização das perguntas, o que os deixou à vontade parar refletir sobre as afirmações lidas e manifestar sua posição, sem o risco do julgamento dos colegas.

Ao final da atividade, todos participaram do debate, sem as vendas, fazendo do espaço escolar um local propício a (re)pensar os preconceitos e estigmas atribuídos principalmente a mulheres/gays/negros/indígenas e pessoas com deficiência.

Respeito, tolerância para pensar, em conjunto, a mudança de um paradigma cultural que ainda exclui e diferencia todos aqueles que consideramos diferentes”. Essa é a mensagem que os representantes do Núcleo de Gênero e Diversidade (NUGEDI), Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas (NEABI) e Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) compartilharam com os participantes durante a ação integrada.

 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 14/06/16
  • 11h13

No último sábado, 9 de Abril, teve início a primeira sessão do CineViver 2016, que é uma ação que visa propiciar momentos de discussão com @s estudantes acerca das temáticas centrais que perpassam cada um dos núcleos inclusivos Campus Panambi do Instituto Federal Farroupilha, que estão ligados à Coordenação de Ações Inclusivas.

Os debates acerca do Transtorno do Espectro do Autismo - TEA - atraíram o público no último sábado. Após a projeção do filme Temple Grandin (EUA, 2010), integrantes do Núcleo de Apoio a Pessoas com Necessidades Especiais (NAPNE) coordenaram um debate sobre os principais assuntos suscitados pelo filme, obtendo participação ampla dos presentes.

 

Publicado em Notícias Panambi

Leia mais...

  • 12/04/16
  • 09h20
Fim do conteúdo da página