Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Todas as Noticias
Início do conteúdo da página

Todas as Noticias

EDITAL, CRONOGRAMA, INSCRIÇÕES E RESULTADOS

Para acompanhar os demais editais que saírão acesse: https://profept.ifes.edu.br/selecao/16426-edital20

Foi publicado, na data de hoje (18), o Edital do Exame Nacional de Acesso (ENA) ao Mestrado ProfEPT para o período letivo de 2020. São 913 vagas distribuídas em todos os estados do Brasil.

As inscrições ocorrerão de 13/02 a 18/03/2020 e a prova será no dia 17 de maio de 2020, contando com 50 questões de múltipla escolha sobre as Bases Conceituais e Históricas da Educação Profissional e Tecnológica, sobre Metodologias de Pesquisa e Teorias e Práticas de Ensino e Aprendizagem.

Recursos ao Edital deverão ser enviados até o dia 19/12/19 para o e-mail do Programa: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O Edital em Libras também será publicado em breve.

ATIVIDADE DATAS
Data de publicação do Edital 18/12/2019
Recursos ao Edital 19/12/2019
Resultado dos recursos ao Edital 20/12/2019
Inscrições 13/02/2020 a 18/03/2020
Período de solicitação de isenção 13/02/2020 a 21/02/2020
Resultado das solicitações de isenção 28/02/2020
Recursos ao resultado das solicitações de isenção 02/03/2020
Resultado final das solicitações de isenção 09/03/2020
Data limite para pagamento da inscrição 19/03/2020
Divulgação das inscrições homologadas 26/03/2020
Recursos ao resultado das inscrições homologadas 27/03/2020
Resultado final das inscrições homologadas 02/04/2020
Resultado das solicitações de condições especiais 10/04/2020
Recurso ao resultado de condições especiais 13/04/2020
Resultado final de condições especiais 17/04/2020
Divulgação do local de realização do ENA 11/05/2020
Realização do Exame Nacional de Acesso 17/05/2020
Divulgação do gabarito 18/05/2020
Recursos ao gabarito 19/05/2020
Divulgação do gabarito Final 05/06/2020
Divulgação da nota individual 15/06/2020
Recursos à nota individual 16/06/2020
Resultado final 24/06/2020
Matrículas* Julho e Agosto de 2020
Início do semestre letivo* Agosto de 2020

 

EDITAL

Edital (formato .pdf - tamanho 608 KB) - divulgado em 18/12/2019

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 18/12/19
  • 09h47

Título da Dissertação: SAÚDE MENTAL E O CONTEXTO ESCOLAR: PERCEPÇÕES DE UM ESTUDO DE CASO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Produto Educacional: SITE “SAÚDE MENTAL NO ENSINO INTEGRADO”

Orientador: Dr.ª Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher

Banca: Drª. Marcele Teixeira Homrich Ravasio, Dr. Adão Caron Cambraia e Drª. Marta Estela Borgmann

Resumo: Este trabalho, desenvolvido no Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Campus Jaguari, resulta da pesquisa qualitativa que teve como objetivo investigar os possíveis fatores de sofrimento/adoecimento mental relacionados ao contexto escolar de estudantes do terceiro ano do Ensino Médio Integrado (EMI) da Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Participaram deste estudo de caso, estudantes dos cursos Técnico em Administração, Técnico em Agropecuária e Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, do Campus São Vicente do Sul. O instrumento utilizado para a coleta dos dados foi o questionário, aplicado no primeiro semestre do ano letivo de 2019. Para a análise dos dados, a metodologia utilizada foi a Análise de Conteúdo, que resultou em duas categorias: “O contexto escolar nos processos de adoecimento” e “Os processos interativos no enfrentamento do sofrimento/adoecimento estudantil”. A primeira categoria permitiu inferir, na percepção dos estudantes, a relação entre contexto escolar e sofrimento/adoecimento, assim como identificar possíveis fatores causadores de prejuízos ao seu bem-estar físico e/ou emocional, a saber: dificuldades de adaptação à instituição, dificuldades de relacionamento, bullying e pressão por bom desempenho escolar. A dificuldade de adaptação à Instituição, neste estudo, motivada pela distância da família e excessiva carga horária e de trabalhos, aponta a relação de características e atividades dos cursos técnicos integrados da EPT com situações de sofrimento ou adoecimento dos estudantes, no entanto, não é possível afirmar que os possíveis fatores são exclusivamente escolares, mas interdependentes e interligados a fatores de outras naturezas. A segunda categoria identificou a importância dos processos de interação dos estudantes com colegas, professores e servidores como formas de enfrentamento das dificuldades relacionadas ao contexto escolar. Por outro lado, a pesquisa identificou que esses espaços de interação são insuficientes na instituição, especialmente os espaços de escuta, assim como as discussões e reflexões em relação à saúde mental dos estudantes. Por isso, foi desenvolvido o produto educacional “Saúde Mental no Ensino Integrado”. Em formato de site, o produto apresentou os resultados da pesquisa e propôs questões problematizadoras aos servidores objetivando contribuir no sentido de estimular reflexões sobre o tema e sobre a atuação dos servidores e da Instituição frente a ele. As contribuições significativas dos servidores validaram a inferência da relação entre o contexto escolar e possíveis prejuízos à sua saúde mental dos estudantes, assim como possíveis causas e ainda apontaram outros aspectos da temática. Desta forma, acreditamos na ampliação dos espaços de interação, reflexão e na escuta dos estudantes como formas de enfrentamento aos problemas relacionados à saúde mental dos estudantes.

Palavras-chave: Saúde mental; Contexto escolar; Educação Profissional e Tecnológica; Interação e Escuta.

Data da defesa: 12 de dezembro de 2019


Horário: 14h


Local: Sala de Reuniões da Direção Geral, IFFar - Campus Panambi
 
Produto Educacional:
 

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 03/12/19
  • 14h50

A discente Elisandra Squizani, egressa da primeira turma do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - ProfEPT, foi aprovada na e seleção do Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde - Doutorado Acadêmico - Universidade Federal do Pampa.

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 29/11/19
  • 15h57

Título da Dissertação: Ingresso de jovens no Ensino Médio: práticas de acolhimento nos Cursos Técnicos Integrados no IFFar Campus São Vicente do Sul
Produto Educacional: Guia para acolhimento de estudantes ingressantes dos Cursos Técnicos Integrados

Orientador: Dr.ª Marcele Teixeira Homrich Ravasio

Banca: Dr. Ricardo Antonio Rodrigues, Não e Dr. Cênio Back Weyh

Resumo: Este trabalho é resultado de uma pesquisa do Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT), Campus Jaguari, sobre práticas de acolhimento nos Cursos Técnicos Integrados no Instituto Federal Farroupilha Campus São Vicente do Sul. Embasado na metodologia da pesquisa-ação, esta pesquisa qualitativa buscou compreender os aspectos relacionados ao ingresso no Ensino Médio Integrado e a contribuição de práticas de acolhimento, através do objetivo geral: construir um Guia com orientações pedagógicas para acolher os estudantes dos Cursos Técnicos Integrados e objetivos específicos: a) identificar as ações desenvolvidas de acolhimento aos estudantes ingressantes; b) analisar as percepções dos estudantes acerca do trabalho institucional de acolhimento; c) conhecer os aspectos envolvidos no processo de ingresso em um Curso Técnico Integrado e; d) demonstrar a relação entre as ações de acolhimento com a permanência e o êxito dos estudantes. Os sujeitos da pesquisa foram os ingressantes nos Cursos Técnicos Integrados de Administração, Alimentos, Agropecuária e Manutenção e Suporte em Informática, num total de 262 estudantes. Os dados foram coletados através de duas fontes: dados institucionais de permanência e êxito entre os anos de 2014 a 2018 e, através da produção de texto, os quais foram submetidos à análise textual discursiva, emergindo duas categorias: Categoria 1: fatores facilitadores da permanência no Campus SVS e Categoria 2: fatores que dificultam a permanência no Campus SVS. Esta pesquisa dialoga com os seguintes referenciais teóricos: Dayrel; Carrano (2014), Frigotto (2018), Frigotto; Ciavatta; Ramos (2005), Leão; Carmo (2014), Manfredi (2002), Moraes; Galiazzi (2016), Oliveira (2010), Pacheco (2011), Vygotsky (2001; 2007), entre outros. A partir do estudo dos referenciais e da análise dos dados foi possível concluir que a passagem do Ensino Fundamental para o Ensino Médio Integrado é um processo desafiador para o estudante. Nesse sentido, práticas de acolhimento podem se constituir como mediadora dessa transição, podendo contribuir com a permanência e o êxito. Assim, considerando a importância de os estudantes ingressantes conhecer o contexto escolar, sua organização, integrar-se socialmente aos colegas, servidores e ambientar-se nesse novo espaço para desenvolver sua autonomia e seu potencial foi elaborado como Produto Educacional um “Guia para Acolhimento de estudantes ingressantes dos Cursos Técnicos Integrados”. Para tanto, traz um roteiro com atividades a serem desenvolvidas durante os primeiros dias letivos.

Palavras-chave: Jovens. Ensino Médio Integrado. Práticas de Acolhimento.

Data da defesa: 10 de dezembro de 2019

Horário: 14h

Local: Auditório, IFFar - Campus Santo Ângelo

Produto Educacional:

Guia de acolhimento a estudantes ingressantes dos cursos técnicos integrados

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 25/11/19
  • 14h30

Com grande alegria divulgamos que algumas publicações de professores e alunos do Profept, em parceria com a Editora Brazil Publishing estão disponíveis para Download dos e-books de forma inteiramente gratuita. Basta acessar o link: https://aeditora.com.br/aed-autor/vantoir-roberto-brancher/, fazer seu cadastro e simular aquisição do mesmo.


São elas:

Metodologia(s) da pesquisa em educação profissional e tecnológica: Dilemas e provocações contemporâneas

metodologias de pesquisa

Caminhos possíveis à inclusão IV: gênero, educação e humanização:

caminhos possiveis a inclusao capa

Estrelas na terra? Repensando a atuação docente na pós-graduação

estrelhas

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 25/11/19
  • 11h34

Título do projeto: Abordagem Construcionista no Ensino de Matemática Financeira

Orientador: Dr. Fábio Diniz Rossi

Banca: Dr. Ricardo Antonio Rodrigues, e Dr. Sérgio da Costa Nunes

Resumo: O objetivo desta pesquisa é desenvolver um objeto de aprendizagem (OA) que
auxilie a alunos da educação profissional e tecnológica, a partir de uma abordagem construcionista de ensino, utilizando as TICs. A fundamentação teórica se baseia nas ideias Seymour Papert, que desenvolveu o Construcionismo como uma teoria de ensino que valoriza as contextualizações que podem ser realizada dos assuntos trabalhados em sala de aula, bem como as motivações do aluno no processo de construção do conhecimento. É dada ênfase ao Ensino de Matemática Financeira, vinculada à perspectiva da Educação Financeira. Como ferramenta de desenvolvimento do Objeto de Aprendizagem, utilizou-se a ferramenta MIT APP Inventor 2, que permite desenvolver aplicativos de maneira interativa e simplificada. O universo da pesquisa foram duas turmas de Matemática Financeira do Curso Técnico em Administração do Instituto Federal Farroupilha – Campus São Vicente do Sul, as quais utilizaram o aplicativo. Como produto educacional, essa dissertação
fornece um Objeto de Aprendizagem em formato de aplicativo que potencialize o ensino de Matemática Financeira.

Palavras-chave: Construcionismo. Ensino de Matemática Financeira. Objeto de
Aprendizagem. Educação Financeira. Produto Educacional.

Data da defesa: 29 de Novembro de 2019

Horário: 14h

Local: IFFar - Campus Jaguari

Produto Educacional

ABORDAGEM CONSTRUCIONISTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/559631

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 13/11/19
  • 10h05

Título do projeto: MEDIAÇÃO DE CONFLITOS E COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA: UMA PROPOSTA DE CAPACITAÇÃO PARA ESTUDANTES DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

Orientador: Dr.ª Taniamara Vizzotto Chaves

Banca: Dr. Ricardo Antonio Rodrigues, e Dra. Elaine Maria Dias de Oliveira

Resumo: A presente dissertação de mestrado discorre sobre a utilização da mediação e da comunicação não violenta como forma de prevenção/resolução de conflitos no ambiente escolar. Desta forma, realiza uma pesquisa bibliográfica sobre a educação profissional e os Institutos Federais de Educação, seus objetivos e finalidades, assim como estuda a mediação, suas principais técnicas e a comunicação não violenta e sua aplicação. A seguir, para traçar os caminhos metodológicos da pesquisa, analisa a formação de lideranças estudantis no IFFar, bem como a política de não violência que vem sendo implementada, para elaborar o planejamento e execução de uma proposta de formação continuada. Com a análise da avaliação resultante da aplicação de uma oficina de mediação, junto às lideranças estudantis, no Campus Jaguari do IFFar, apresenta um Guia de Formação Continuada para Estudantes, a partir da temática “Mediação de Conflitos e Comunicação Não Violenta: uma proposta de capacitação para estudantes do Instituto Federal Farroupilha, visando a prevenção de conflitos no ambiente escolar.” A pesquisa aponta para a afinidade existente entre a mediação, a comunicação não violenta e a filosofia e objetivos dos Institutos Federais, que buscam a formação de pessoas capazes de contribuir para uma sociedade mais justa e igualitária.

Palavras-chave: Educação Profissional. Mediação. Estudantes. Comunicação Não Violenta. Formação Continuada.

Data da defesa: 18 de novembro de 2019

Horário: 15h

Local: INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS SÃO BORJA

Produto Educacional: 

GUIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA ESTUDANTES

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/559447

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 08/11/19
  • 10h51

No dia 24 de outubro, os servidores RAQUEL DOS SANTOS MARQUES e GIANCARLO BAZARELE MACHADO BRUNO, membros do CEP/IFFAR,  palestraram para os docentes e discentes do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica, durante as aulas da disciplina de Metodologia da Pesquisa, explanando e esclarecendo dúvidas sobre a Plataforma Brasil, as Resoluções do Conselho Nacional de Saúde N° 510/2016 e 466/2012 que balizam a pesquisa com Seres Humanos. Esses esclarecimentos são de suma importância para que os pesquisadores na área de Ensino possam respaldar suas investigações e dar legitimidade aos resultados obtidos em suas dissertações e Produtos Educacionais. A ética é a teoria sobre o comportamento humano, não visa proibir ou coibir as investigações científicas. Ela tem o papel de resguardar os direitos dos sujeitos envolvidos na pesquisa primando pela beneficência e o princípio da não maleficência. A ética, portanto, não tem um papel (de)limitador da pesquisa, ela serve para prevenir o pesquisador de relegar aos sujeitos da pesquisa a condição de meio, tendo em vista que o ser o humano é sempre princípio e fim de toda e qualquer atividade de pesquisa.

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 31/10/19
  • 10h23

Título do projeto: SUSTENTABILIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS: UM OLHAR PARA ATIVIDADE DOCENTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Orientador: Dr.ª Neiva Maria Frizon Auler

Banca: Dra. Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher, Dra. Catiane Mazocco Paniz e Dra. Renata Hernandez Lindemann

Resumo: Esta pesquisa, realizada dentro da Linha de Práticas Educativas, no âmbito do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT), teve como objetivo principal conhecer as práticas educativas e os saberes docentes que sustentam as ações relacionadas com a temática da sustentabilidade na Educação Básica Profissional e Tecnológica (EBPT), especificamente no Curso Técnico Integrado em Sistemas de Energia Renovável (SER) de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O encaminhamento metodológico foi de cunho qualitativo e possibilitou analisar como as concepções que envolvem a temática da sustentabilidade se alinham às práticas docentes na referida formação, tanto para o atendimento dos princípios institucionais, bem como no seu sentido mais amplo, no que diz respeito à formação integral. Inicialmente, foi realizada uma pesquisa documental tendo como documento o Projeto Pedagógico de Curso (PPC) do SER, considerando as ementas, o perfil do egresso e as justificativas para criação do curso indicadas no documento. Para análise dos dados, utilizou-se a Análise Textual Discursiva (ATD), delimitando como corpus da análise as informações contidas no projeto do curso, conforme já mencionadas. Os discursos presentes no PPC foram confrontados com as principais referências teóricas definidas pela pesquisa. Na segunda etapa, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito docentes atuantes no SER. O corpus de análise das entrevistas mostrou-se bastante complexo e compreendeu o agrupamento dos núcleos de sentido em quatro categorias: 1) Caminhos formativos; 2) Concepções de sustentabilidade; 3) Trabalhar sustentabilidade requer superação da fragmentação disciplinar; e 4) Silenciamento sobre a insustentabilidade do atual modelo econômico, pautado pelo consumismo e descartabilidade. Na análise realizada, ficou evidenciado que, dentro da complexidade do ambiente e suas múltiplas relações, os discursos sobre sustentabilidade podem assumir divergentes sentidos e sentimentos no ambiente da escola, os quais se encontram intimamente ligados aos saberes, práticas docentes e às formas como são pensados os currículos do Ensino Médio Integrado, os quais espelham os valores e a cultura da atualidade. Nesse sentido, há uma demasiada preocupação com a falta de energia como propulsora do desenvolvimento (em uma visão de crescimento econômico e para manter os níveis de consumo), não da vida, expressados na frase “pela existência de difi­culdades crescentes em manter os níveis de consumo atuais”. Esse discurso tenta justificar a necessidade do curso e a utilização de energias renováveis para atender as demandas do mercado. A problematização em torno da temática pode oferecer meios para ampliar as ações e compromisso com a Educação Profissional e Tecnológica ofertada no âmbito dos Institutos Federais, considerando, assim, seu compromisso com o desenvolvimento local, a inclusão social e formação para a cidadania. Com base nos resultados obtidos, foi elaborada uma proposta de formação (produto educacional) que possibilite reflexões e discussões entre os participantes e sinalize horizontes para educação com vistas à sustentabilidade como forma de colaborar para que as práticas educativas referentes à educação ambiental e sustentabilidade tornem-se mais efetivas no âmbito curricular dos Cursos Técnicos de Ensino Médios Integrados ofertados na Rede de Educação Profissional e Tecnológica.

Palavras-chave: Sustentabilidade. Saberes docentes. Currículo integrado. Educação Básica Profissional e Tecnológica.

Data da defesa: 13 de novembro de 2019

Horário: 14 h

Local: Auditório, IFFar- Reitoria

Título do projeto: SUSTENTABILIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS: UM OLHAR PARA ATIVIDADE DOCENTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Orientador: Dr.ª Neiva Maria Frizon Auler

Banca: Dra. Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher, Dra. Catiane Mazocco Paniz e Dra. Renata Hernandez Lindemann

Resumo: Esta pesquisa, realizada dentro da Linha de Práticas Educativas, no âmbito do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT), teve como objetivo principal conhecer as práticas educativas e os saberes docentes que sustentam as ações relacionadas com a temática da sustentabilidade na Educação Básica Profissional e Tecnológica (EBPT), especificamente no Curso Técnico Integrado em Sistemas de Energia Renovável (SER) de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. O encaminhamento metodológico foi de cunho qualitativo e possibilitou analisar como as concepções que envolvem a temática da sustentabilidade se alinham às práticas docentes na referida formação, tanto para o atendimento dos princípios institucionais, bem como no seu sentido mais amplo, no que diz respeito à formação integral. Inicialmente, foi realizada uma pesquisa documental tendo como documento o Projeto Pedagógico de Curso (PPC) do SER, considerando as ementas, o perfil do egresso e as justificativas para criação do curso indicadas no documento. Para análise dos dados, utilizou-se a Análise Textual Discursiva (ATD), delimitando como corpus da análise as informações contidas no projeto do curso, conforme já mencionadas. Os discursos presentes no PPC foram confrontados com as principais referências teóricas definidas pela pesquisa. Na segunda etapa, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito docentes atuantes no SER. O corpus de análise das entrevistas mostrou-se bastante complexo e compreendeu o agrupamento dos núcleos de sentido em quatro categorias: 1) Caminhos formativos; 2) Concepções de sustentabilidade; 3) Trabalhar sustentabilidade requer superação da fragmentação disciplinar; e 4) Silenciamento sobre a insustentabilidade do atual modelo econômico, pautado pelo consumismo e descartabilidade. Na análise realizada, ficou evidenciado que, dentro da complexidade do ambiente e suas múltiplas relações, os discursos sobre sustentabilidade podem assumir divergentes sentidos e sentimentos no ambiente da escola, os quais se encontram intimamente ligados aos saberes, práticas docentes e às formas como são pensados os currículos do Ensino Médio Integrado, os quais espelham os valores e a cultura da atualidade. Nesse sentido, há uma demasiada preocupação com a falta de energia como propulsora do desenvolvimento (em uma visão de crescimento econômico e para manter os níveis de consumo), não da vida, expressados na frase “pela existência de difi­culdades crescentes em manter os níveis de consumo atuais”. Esse discurso tenta justificar a necessidade do curso e a utilização de energias renováveis para atender as demandas do mercado. A problematização em torno da temática pode oferecer meios para ampliar as ações e compromisso com a Educação Profissional e Tecnológica ofertada no âmbito dos Institutos Federais, considerando, assim, seu compromisso com o desenvolvimento local, a inclusão social e formação para a cidadania. Com base nos resultados obtidos, foi elaborada uma proposta de formação (produto educacional) que possibilite reflexões e discussões entre os participantes e sinalize horizontes para educação com vistas à sustentabilidade como forma de colaborar para que as práticas educativas referentes à educação ambiental e sustentabilidade tornem-se mais efetivas no âmbito curricular dos Cursos Técnicos de Ensino Médios Integrados ofertados na Rede de Educação Profissional e Tecnológica.

Palavras-chave: Sustentabilidade. Saberes docentes. Currículo integrado. Educação Básica Profissional e Tecnológica.

Data da defesa: 13 de novembro de 2019

Horário: 14 h

Local: Auditório, IFFar- Reitoria

Produto Educacional:

SUSTENTABILIDADE SOCIOAMBIENTAL PARA ALÉM DOS MODISMOS

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/553821

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 29/10/19
  • 08h49
Fim do conteúdo da página