Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Todas as Noticias
Início do conteúdo da página

Todas as Noticias

Foi publicada, nesta sexta-feira (22), retificação do Edital ProfEPT 01/2020, que retoma o Exame Nacional de Acesso ao Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). Considerando o cenário de pandemia ocasionado pela Covid-19 que ainda se mantém, em especial na disseminação de casos pelo Brasil, e a análise da pesquisa realizada junto aos candidatos em outubro passado, a Comissão Organizadora estabeleceu algumas mudanças no processo de seleção.

Tendo em vista o compromisso de realização do exame de acesso, bem como da preservação da saúde dos agentes envolvidos buscando evitar a transmissão do vírus, a comissão oportunizará o ingresso para os candidatos anteriormente inscritos na seleção, ou seja, não serão aceitas novas inscrições. Além disso, foi definido um novo modelo de avaliação, denominado “Histórico Profissional e Acadêmico”, em que os candidatos poderão apresentar atividades e práticas profissionais, assim como produções e participações acadêmicas relevantes ao ProfEPT.
A retificação prevê ainda a possibilidade de desistência do candidato quanto à participação no processo seletivo, sendo permitido o cancelamento da inscrição, e para os candidatos pagantes, a solicitação do reembolso da taxa de inscrição.
No dia 25/01/2021 (próxima segunda-feira) às 18h30min via canal do YouTube do IFES acontece uma "Live" que será realizada com os candidatos para divulgação e esclarecimentos quanto a nova proposta do edital.
Para acessar e participar da Live o Link é o seguinte: https://youtu.be/azGUkkKSaQY
O edital retificado pode ser acessado no seguinte link https://ifes.edu.br/noticias/19709-retificacao-de-edital-retoma-processo-seletivo-para-o-profept

 

WhatsApp Image 2021 01 22 at 11.22.23

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 22/01/21
  • 11h22

Título da Dissertação: O uso de MOOC como auxilio aos processos de ensino e aprendizagem dos cursos técnicos do IFFAR.

Produto Educacional: Guia de Referência para criar MOOCs

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/585715

Orientador(a): Dr. Fábio Diniz Rossi

Banca: Dr. Ricardo Antonio Rodrigues,  e Dr. Sérgio da Costa Nunes

Resumo: INTRODUÇÃO: Face aos desafios dos processos de ensino e aprendizagem, buscou-se através desta pesquisa explorar estratégias e ferramentas tecnológicas para auxiliar esses processos,  a fim de possibilitar também a elaboração de um produto educacional, o qual será disponibilizado em formato digital aos docentes do Instituto Federal Farroupilha.
Desse modo, identificou-se que um curso aberto, online e massivo é uma proposta pedagógica de ensino híbrido, ou seja, um regime misto de ensino, caracterizado pela mescla de momentos presenciais à momentos on-line. A utilização de MOOCs em sala de aula é uma possibilidade de combinar o ensino presencial ao ensino online, visando motivar os alunos na busca por mais informações e conhecimentos, tornando as aulas mais atrativas e produtivas, sendo  utilizado para auxiliar na formação dos saberes.
OBJETIVO GERAL: Elaborar um guia de desenvolvimento de MOOCs, através da metodologia ADDIE, cuja finalidade é contribuir com o processo de ensino e aprendizagem significativo para os cursos técnicos do Instituto Federal Farroupilha (IFFAR).
OBJETIVOS ESPECIFÍCOS:
a) Estudar preceitos didático-pedagógicos que possam servir de base para o desenvolvimento de MOOCs;
b) Fortalecer o uso da metodologia ADDIE na construção de MOOCS (Análise, Desenho, Desenvolvimento, Implementação e Avaliação)  através da ferramenta Digital Storytelling;
c) Propor a utilização de MOOCs nas atividades de aulas dos cursos técnicos do IFFAR, em consonância a proposta de ensino híbrido;
d) Desenvolver um guia didático para a criação de MOOCs, o qual será disponibilizado aos docentes dos cursos técnicos integrados do Instituto Federal Farroupilha;
METODOLOGIA: inicialmente, para o desenvolvimento desta dissertação, foi realizada ampla pesquisa nos  seguintes bancos de dados: Periódicos Capes e  Google Acadêmico. A pesquisa resultou na análise de diversos artigos científicos, dissertações e teses, cujo objetivo foi embasar o referencial teórico deste trabalho.
Após a construção do referencial teórico foi possível compreender a importância do modelo ADDIE para o desenvolvimento e elaboração de materiais didáticos. Através do estudo sistemático dessa metodologia, foi possível elaborar o produto educacional: um guia didático para criação de MOOCs através da metodologia Digital Storytelling integrada ao modelo ADDIE.
RESULTADOS: pode-se concluir que os MOOCs são uma possibilidade didático-pedagógica para complementação e a formação nas mais diversas áreas do conhecimento e nos mais diversos níveis de escolaridade, os quais são capazes de provocar transformações no perfil e no trabalho docente, bem como na gerência das instituições educacionais.
Portanto, percebe-se que MOOCs são uma inovação para o ensino, pois estimulam as instituições de ensino a repensarem o processo de elaboração do currículo para modelos educacionais mais abertos e flexíveis. Nesse sentido , a utilização da narrativa em ambientes educacionais mostra-se como uma tendência no ensino, principalmente por conta de seu cenário de imersão.
O modelo ADDIE ainda ressalta a importância do trabalho e da nova postura desejada dos professores que atuam com o uso de tecnologia, de maneira geral. Com isso, acredita-se que o Guia de referência será uma ferramenta importante que irá auxiliar e incentivar os professores na criação de histórias digitais em formato MOOC.

Palavras-chave: Ensino Integrado. Aprendizagem. Massive Open Online Courses

Data da defesa: 01 de fevereiro de 2021

Horário: 10h

 

Transmissão: https://youtu.be/UeJoNiUJW0w

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 20/01/21
  • 16h13

A egressa Thamille Pereira dos Santos que foi orientada pela professora Fernanda de Camargo Machado, foi aceita para cursar doutorado neste ano de 2021 junto ao programa de Pós Graduação em Educação da UNISINOS, conforme as informações que seguem:

 
Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS -  Doutorado em Educação. Linha de pesquisa: Formação de Professores, Currículo e Práticas Pedagógicas. O Programa de Pós-graduação em Educação mantém a excelência acadêmica, reconhecida pela CAPES, por 13 anos (2 triênios com nota 6) e 1 triênio (nota 7) e 1 quadriênio (nota 7).
 
Desejamos sucesso a egressa nesta nova etapa da sua formação!

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 13/01/21
  • 20h42

Título da Dissertação: Política de Cotas: um olhar sobre os formandos/egressos do Instituto Federal Farroupilha

Produto Educacional: Você conhece a Política de Cotas do Instituto Federal Farroupilha?

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/585138

Orientador(a): Dra. Neiva Maria Frizon Auler

Banca: Dr. Vantoir Roberto Brancher,  e Dra. Mariglei Severo Maraschin

Resumo: A Política de Cotas trouxe significativas mudanças no cenário do acesso à educação pública de ensino técnico e superior. Nesse contexto, a presente pesquisa desenvolvida no âmbito do Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT), do Instituto Federal Farroupilha, Campus Jaguari, teve por objetivo conhecer a trajetória acadêmica e as expectativas dos alunos formandos/egressos que ingressaram pelo Sistema de Cotas no Instituto Federal Farroupilha. A investigação foi conduzida por uma abordagem quantitativa-qualitativa, por meio da análise de documentos, aplicação de questionários e realização de entrevistas. Inicialmente foi realizada a Análise Documental dos editais de ingresso referente às turmas participantes da pesquisa. Logo após, procedeu-se a Análise Descritiva dos dados dos questionários, seguida da interpretação e discussão dos dados das entrevistas por meio da Análise Textual Discursiva. Os resultados evidenciaram um índice superior ao mínimo de 50% (cinquenta por cento) de vagas  destinadas às cotas, nos editais analisados; interesse da maioria em continuar os estudos, a fim de conquistar uma maior qualificação; oportunidade de acesso a uma Instituição Federal de Ensino por meio das cotas, para muitos que de outra forma não conseguiriam; sentimento de satisfação e orgulho de ter realizado o curso no IFFar. Também foram relatadas algumas dificuldades enfrentadas pelos participantes da pesquisa no transcorrer do itinerário acadêmico, além do papel relevante dos auxílios financeiros recebidos e do essencial apoio dos professores para que a caminhada no IFFar fosse concluída com sucesso. Ademais, observou-se uma necessidade de interação cada vez maior com os alunos recém chegados, a fim de acolhê-los e orientá-los, assim como o apoio da família e da instituição que foi determinante na persistência para concluir o curso com êxito. Considerou-se bastante relevante a necessidade de implantação de ações que visem o acompanhamento dos cotistas durante seu itinerário na instituição e a criação de políticas públicas voltadas aos trabalhadores que estudam, a fim de possibilitar a sua permanência. Percebeu-se que a qualificação conferida pelo IFFar representa, para a maioria, a perspectiva de crescimento pessoal para além da formação profissional, o que contribui para o acesso a melhores oportunidades. A partir dos resultados, foi desenvolvido um produto educacional com o intuito de divulgar a Política de Cotas do IFFar e ampliar o diálogo com a comunidade, avançando em aspectos considerados frágeis.  Por haver uma carência de pesquisas relacionadas a esse tema em Institutos Federais, acredita-se que conhecer a trajetória acadêmica e as expectativas dos formandos cotistas foi de grande importância a fim de contribuir com o êxito da Política de Cotas da instituição.

Palavras-chave: Política de Cotas; Lei N°12.711/2012; Inserção profissional; Educação profissional; Instituto Federal.

Data da defesa: 20 de janeiro de 2021

Horário: 14h


Local: Videoconferência

 

Transmissão: https://youtu.be/IwPgH1F0y6g

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 07/01/21
  • 09h56

A professora Catiane Mazocco Paniz e a egressa Gisiê Balsamo publicaram o artigo intitulado: Um olhar sobre a inclusão das mulheres no curso de Agropecuária: um estudo específico em um Campus do Instituto Federal Farroupilha, na Revista: PERSPECTIVAS EM DIÁLOGO, UFMS. 

Mais informações sobre o artigo:

LINK PARA ACESSO AO TRABALHO:

https://periodicos.ufms.br/index.php/persdia/article/view/10780

Resumo
O presente artigo é fruto de uma pesquisa de mestrado do curso de Educação Profissional e Tecnológica do Instituto Federal Farroupilha (IFFar) – campus Jaguari. Tendo em vista o discurso machista e preconceituoso referente às mulheres no decorrer da história e a consequente construção da desigualdade de gênero, estabeleceu-se culturalmente o curso de agropecuária como masculino. Assim, este trabalho desenvolveu-se a partir de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso e teve como instrumento para a coleta de dados questionários semiabertos e a consulta de documentos da Instituição. Os questionários foram enviados por e-mail para as alunas dos segundos e terceiros anos, ex-alunas e professoras do curso de agropecuária do Ensino Médio Integrado do campus “A” do IFFar. O objetivo foi compreender como elas vêm vivenciando esta experiência dentro de um curso considerado socialmente para homens. A análise dos dados foi realizada a partir da Análise Textual do Discurso (ATD). Com a pesquisa concluiu-se que apesar do aumento do número de mulheres matriculadas no curso e das políticas públicas em favor delas, ainda existe o preconceito de gênero na agropecuária. Acredita-se que ainda há a necessidade de reflexão acerca do assunto e a consequente desnaturalização de conceitos e costumes ainda hoje enraizados na sociedade.

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 07/01/21
  • 08h55

TÍTULO DO ARTIGO: A ROBÓTICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA

Autores: Odair José Kunzler, Marcele Homrich Ravasio, Sandra Bazana Nonenmacher, Taniamara Vizzotto Chaves
 

RESUMO

O emprego de recursos tecnológicos em sala de aula pressupõe o caminho inverso de suas concepções. Oriundos de avanços científicos que se propagam dos bancos escolares e universitários para fora dos muros dessas instituições, encontrando espaço cada vez maior em um mundo que se constitui de tecnologias, agora são estas que se voltam às instituições de ensino, fomentando práticas educativas que visam facilitar os processos que permeiam a educação. O presente artigo apresenta análise de uma Oficina de Robótica em uma escola pública, atividade de extensão da disciplina de Matemática, que objetiva integrar conhecimentos teóricos multidisciplinares à prática da criação de robôs e, por consequência, despertar nos discentes o interesse pelas ciências envolvidas nesse processo. Nesse sentido, a proposta deste trabalho é avaliar, através de uma abordagem qualitativa de um estudo de caso, a repercussão que a oficina de robótica tem assumido no processo de ensino e aprendizagem dos alunos participantes. Como resultado, é possível identificar que os participantes da oficina têm apresentado avanços na assimilação de conteúdos relacionados à Matemática, assumindo postura diferenciada em relação àqueles que não participam da mesma atividade.

PALAVRAS-CHAVE: EDUCAÇÃO. MATEMÁTICA. ROBÓTICA.

 

Revista Brasileira de Educação profissional e tecnológica, volume 01, número 20 ( 2021)

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 05/01/21
  • 17h39

O I Seminário Regional Sul de Educação Profissional e Tecnológica é um evento científico organizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Riograndense, pelo Grupo de Pesquisas EDUCOGITANS, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Furb e pelo Grupo Interdepartamental de Pesquisa em Educação nas Ciências (GIPEC-UNIJUÍ) ligado ao Programa de Pós-Graduação de Educação nas Ciências da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (PPGEC-UNIJUÍ) e o Grupo Interdisciplinar de Estudo e Pesquisa em Educação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (GIEPE/IFFarroupilha).

Em 2021, ocorrerá de maneira integrada ao II Seminário Integrado IFC-FURB de Educação, Profissional e Tecnológica (SIPROTEC), ao III Encontro de Debates sobre Trabalho, Educação e Currículo Integrado (ENTECI) e à I Mostra de Produtos Educacionais da Região Sul.

Os eventos têm como objetivo fomentar a divulgação do conhecimento produzido sobre a temática da Educação Profissional e Tecnológica (EPT) na Região Sul, buscando contribuir com a integração de pesquisadores, docentes, estudantes, agentes públicos e demais profissionais interessados na busca por soluções aos desafios da formação profissional na atualidade.

Para informações acesse: https://www.even3.com.br/sept2021/ 

imageSem

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 21/12/20
  • 11h11

A egresa da primeira turma do Profpet-IFFar Fernanda Martini de Andrade, com o trabalho intitulado: INOVAÇÃO EM NUTRIÇÃO: APLICATIVO PARA AVALIAÇÃO DE REFEIÇÕES DE ESCOLARES, obtve o 1º (primeiro) lugar na categoria: Inovação, na XI Mostra da Educação Profissional e Tecnológica (MEPT), promovida pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha.

Mais informações sobre o trabalho: 

INOVAÇÃO EM NUTRIÇÃO: APLICATIVO PARA AVALIAÇÃO DE REFEIÇÕES DE ESCOLARES

Este trabalho apresenta o produto educacional desenvolvido a partir de uma pesquisa-ação de caráter exploratório realizada no âmbito do Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica – ProfEPT – Campus Jaguari, que investigou a gestão do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE no Instituto Federal Farroupilha. A partir dos resultados da pesquisa, foi desenvolvido um aplicativo para smartphone, na plataforma MIT App Inventor, para ser utilizado na aplicação dos testes de aceitabilidade da alimentação escolar, conforme prevê a legislação que rege o Programa. Concluiu-se que o aplicativo pode ser uma ferramenta muito útil e dinâmica na aplicação dos testes de aceitabilidade da alimentação escolar, facilitando o desenvolvimento desta ação e pode contribuir para aumentar o interesse dos alunos no tema educação alimentar e nutricional no contexto escolar.

Produto Educacional: https://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433543

WhatsApp Image 2020 12 09 at 18.33.56

 

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 16/12/20
  • 08h34

A Professora Taniamara Vizzotto Chaves publicou o artigo intitulado: UM ESTUDO SOBRE O IMAGINÁRIO E AS CONCEPÇÕES ACERCA DOS CONCEITOS DE RADIAÇÃO E RADIOATIVIDADE, na Revista: Vivências, URI. 

Mais detalhes do artigo:

Autoras:
  • Taniamara  Vizzotto Chaves
  • Alana Pereira Gimenez
  • Dariane Andrade Valle
  • Lucillana de Moraes Silveira 
LINK PARA ACESSO AO TRABALHO:
 
Resumo:
Este trabalho é resultado de uma pesquisa de campo desenvolvida junto à disciplina de Física Nuclear e de Partículas do curso de Licenciatura em Física de um Instituto Federal de Educação localizado no Rio Grande do Sul (RS). A atividade teve como objetivo verificar e mapear as concepções presentes no imaginário social sobre os termos/conceitos Radiação e Radioatividade. Como ferramenta de coleta de informações foi organizado um questionário que foi aplicado com sujeitos de diferentes níveis de escolarização e diversas faixas etárias. Após a aplicação, os dados foram tabulados e sistematizados a luz do referencial teórico adotado na disciplina. Os resultados obtidos evidenciam a confusão e o uso indistinto entre os termos Radiação e Radioatividade. Muitas informações transparecem ser advindas de meios de comunicação ou de vivências cotidianas. O grau de escolarização dos participantes não é um fator preponderante para o entendimento e a diferenciação dos termos reforçando a concepção de que a escola não trabalha com estes temas, necessitando assim discussões sobre a reorganização do currículo de forma a sanar essas lacunas de entendimento; além de propiciar aos educandos um olhar crítico e autônomo sobre os acontecimentos da sociedade promovendo uma efetiva alfabetização científica.

 

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 16/12/20
  • 08h17
Fim do conteúdo da página