Ir direto para menu de acessibilidade.

Tradução Portal

ptendeites

Opções de acessibilidade

Página inicial > Todas as Noticias
Início do conteúdo da página

Todas as Noticias

Título do projeto: A prática de ensino de Licenciatura em Química: possibilidade de articulação entre a formação inicial de docentes e a educação profissional e tecnológica

Orientador: Dr.ª Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher

Banca: Dra TaniamaraVizzotto Chaves,  e Dra Marli Dallagnol Frison

Resumo: Este trabalho resulta da pesquisa desenvolvida no Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha – Campus Jaguari, a qual buscou investigar que elementos, no espaço da Prática de Ensino, na Licenciatura em Química do Instituto Federal Farroupilha – Campus Alegrete, se constituem articuladores entre a formação inicial de docentes e a Educação Profissional e Tecnológica (EPT). A pesquisa ocorreu junto aos docentes de química do Campus Alegrete, a fim de identificar que elementos em relação à EPT se fazem presente em seu processo formativo, e aos acadêmicos da Prática enquanto Componente Curricular (PeCC), do sexto semestre do curso de Licenciatura em Química, através do desenvolvimento de uma proposta que buscou criar um espaço de apropriação de conhecimentos de  professor. As atividades pedagógicas da PeCC VI foram acompanhadas pela pesquisadora durante as etapas de reflexão, elaboração e desenvolvimento da proposta, pelos licenciandos, no ensino de química em um curso Técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio. Os dados produzidos através de entrevistas, com docentes e acadêmicos, foram analisados com a utilização da Análise Textual Discursiva, constituindo duas categorias, a saber, conhecimentos sobre Educação Profissional e Tecnológica e constituição pela prática proporcionada pela PeCC. Neste contexto, percebemos a importância da prática na construção de saberes próprios da profissão docente e a necessidade de intensificar o estudo dos elementos da EPT na formação de professores, bem como de metodologias que tenham como fundamentos básicos a interdisciplinaridade e a contextualização, que resultou na construção do produto educacional “PeCC: espaço de formação para a educação profissional e tecnológica”, que servirá de suporte para os docentes das práticas de ensino que versem sobre o tema e/ou atuantes no ensino médio integrado, bem como daqueles que desejam aprofundar-se no assunto com o objetivo de qualificar sua prática. Acreditamos que a pesquisa suscitou, nos docentes de química, a necessidade de apropriar-se dos conhecimentos da EPT para atuar no ensino médio integrado. 

Palavras-chave: Formação de Professores. Prática de Ensino. Elementos formativos. 

Data da defesa: 29 de agosto de 2019

Horário: 9h

Local: Auditório, IFFar - Campus Panambi

Produto Educacional:

PeCC: espaço de formação para a Educação Profissional e Tecnológica

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 09/08/19
  • 09h26

Título do projeto: ASSESSORIA PEDAGÓGICA PARA O TRABALHO DOCENTE À LUZ DA FORMAÇÃO INTEGRAL

 

Orientador: Dr.ª Marcele Teixeira Homrich Ravasio

 

Banca: Dra. Sandra Elisabet Bazana Nonenmacher,  e Dra. Eva Teresinha de Oliveira Boff

 

Resumo: Nesse trabalho retomamos a História da Educação Profissional no Brasil e a criação dos Institutos Federais de Educação, estabelecendo relações entre os elementos que participam desse processo: trabalho, educação, sociedade e o compromisso com a formação integral. Pesquisamos a concepção de educação e currículo que orientam as ações educativas nos IF’s, e neste contexto, o currículo integrado enquanto proposta didático-pedagógica e o trabalho docente como elemento essencial para a sua efetivação. Os IF’s são instituições recentes, em fase de consolidação e de fortalecimento de sua identidade institucional, nesse sentido buscamos compreender como a assessoria pedagógica pode contribuir nesse processo de constituição. Como procedimento metodológico realizamos uma pesquisa documental e consulta à literatura pertinente. Posteriormente foi proposto um questionário junto aos docentes, cujas respostas foram analisadas com base na Análise Textual Discursiva (ATD) de Moraes e Galiazzi (2016). Os resultados desta investigação revelam a necessidade de aprofundamento teórico, de implicação e abertura pedagógica, de apropriação do Projeto Pedagógico Institucional, fortalecimento do vínculo entre assessoria pedagógica e docentes e destacam o investimento na formação continuada e em espaços de diálogo e reflexão sobre as ações desenvolvidas como os principais meios para a efetivação do currículo e do trabalho integrado. O trabalho de pesquisa foi desenvolvido na Linha de Pesquisa Práticas Educativas em Educação Profissional e Tecnológica (EPT) e teve como produto educacional a elaboração de um guia de orientações pedagógicas, com o objetivo de contribuir para o trabalho docente à luz da formação integral, essência da proposta didático-pedagógica institucional.

 

Palavras-chave: Educação Profissional; Currículo Integrado; Guia Pedagógico; Formação Continuada; Assessoria Pedagógica

 

Data da defesa: 16 de agosto de 2019

 

Horário: 14h


Local: Auditório, IFFar - Campus Santo Ângelo

 

Produto Educacional:

A proposta de formação integral no IFFar: guia de orientações pedagógicas para o trabalho docente

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433803

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 06/08/19
  • 10h47

Título do projeto: MANIFESTAÇÕES ESTUDANTIS E CONSTITUIÇÃO DE LIDERANÇAS: UMA ANÁLISE DOS DISCURSOS NO IFFAR/CAMPUS SANTO AUGUSTO DE 2015 A 2018 

 

Orientador: Dr.ª Fernanda de Camargo Machado

 

Banca: Dra. Letícia Ramalho Brittes,  e Dra. Leandra Bôer Possa

 

Resumo:A pesquisa em tela apresenta como objetivo principal investigar como os discursos das manifestações estudantis, ocorridas no período de 2015 a 2018, relacionam-se com a constituição de lideranças no IFFar/Campus Santo Augusto. Construída a partir do desenvolvimento de três objetivos específicos, quais sejam, (a) compreender em que condições históricas emergem os discursos das manifestações estudantis; (b)      construir uma materialidade analítica que permita visualizar como os discursos das manifestações estudantis atuam na constituição de lideranças estudantis no IFFar/Campus Santo Augusto, e; (c) problematizar a relação entre os discursos das manifestações estudantis e a constituição de lideranças estudantis, a partir da experimentação de um Cinedebate integrado com estudantes dos segundos anos dos cursos técnicos integrados do IFFar/Campus Santo Augusto, como produto educacional dessa pesquisa, a qual busca revelar como os discursos atuam na constituição das lideranças estudantis. Seu referencial teórico buscou no filósofo francês Michel Foucault as referências necessárias para compreender as relações entre os conceitos de Discurso, Poder e Verdade, fundamentais para analisar os discursos produzidos pelos estudantes. Foram empregadas três etapas na elaboração desta pesquisa: a primeira, com o objetivo de resgatar o histórico das manifestações estudantis ocorridas no período delineado pela pesquisa e, assim, compreender as condições de produção dos discursos. A segunda etapa consistiu em realizar entrevistas com os estudantes, empregando questionários semiestruturados e, assim, produzindo a materialidade analítica necessária para compreender como se constituem as lideranças. Por fim, a terceira etapa foi a realização de um Cinedebate, como Produto Educacional, que objetivou problematizar as relações entre os discursos e a constituição de lideranças. A partir dessa análise, percebeu-se que as manifestações estudantis foco dessa pesquisa, emergem com e a partir de dois vetores: 1) da permanência dos discursos que posicionam os estudantes como guardiões da democracia, da cidadania e da educação escolar de qualidade no atual cenário neoliberal brasileiro; e 2) do papel exercido pelo uso das redes sociais como nova estratégia discursiva de engajamento. Além disso, a pesquisa evidencia a relação de imanência que produz os discursos das manifestações e a constituição de lideranças estudantis, uma relação de coprodução.   Por fim, apresentou como Produto Educacional um Cinedebate integrado, que promoveu a relação entre os discursos de Estado, Poder e Verdade, conjugando as disciplinas de Sociologia, Filosofia, História, Geografia e Artes.  

 

Palavras-chave: Educação Profissional e Tecnológica; Liderança Estudantil; Manifestação Estudantil.

 

Data da defesa: 26/08/2019

Horário: 9h

Local: Auditório da Reitoria

Produto Educacional:

PRODUTO EDUCACIONAL: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE UM CINEDEBATE INTEGRADO SOBRE MANIFESTAÇÕES E LIDERANÇAS ESTUDANTIS

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433943

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 06/08/19
  • 09h41

Título do projeto: ESTRATÉGIAS EDUCATIVAS E PREVENTIVAS PARA TOMADA DE PROVIDÊNCIAS EMERGENCIAIS EM SITUAÇÕES DE RISCO NUMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO EPT

Orientador: Dr. Ricardo Antonio Rodrigues

Banca: Dra. Taniamara Vizzotto Chaves,  e Dr. Márcio Paulo Cenci

Resumo: Esta pesquisa, intitulada de “Estratégias Educativas e Preventivas para Tomada de Providências Emergenciais em Situações de Risco numa Instituição de Ensino EPT”, concentrou sua abordagem nas práticas educativa em Educação Profissional e Tecnológica, alinhando-se com linha de pesquisa 1 do ProfEPT. Objetivou identificar o nível de conhecimento dos profissionais da educação de uma instituição de ensino de Educação Profissional e Tecnológica, com enfoque no Instituto Federal Farroupilha – Campus Panambi, sobre procedimentos a serem adotados em situações de urgência ou emergência provocadas pelo homem ou pela natureza, bem como sobre procedimentos preventivos diários necessários para prevenir acidentes e sinistros no espaço pedagógico, de maneira a identificar as intervenções necessárias no espaço pedagógico que devem ser desenvolvidas pelos professores e técnicos da Educação Profissional e Tecnológica. A pesquisa bibliográfica foi utilizada para construção do referencial teórico e como metodologia utilizada foi o estudo de caso, com coleta de dados realizada por meio da aplicação e reaplicação de questionários, e utilização de técnicas de observação e de diário de campo para avaliar a aplicação e o alcance do produto que se propunha. A pesquisa apresentou como resultado que o nível de conhecimento dos profissionais da educação do Instituto Federal Farroupilha - campus Panambi é precário. A insuficiência de conhecimento teórico e prático dos profissionais do ensino que foi identificada pode ser atribuída à ausência de políticas públicas para fomento da educação prevencionista na sociedade brasileira, culminando na carência de perspicácia da população sobre medidas de segurança pessoal e coletiva. Entretanto, ao final, o produto educacional elaborado demonstrou ser importante ferramenta para o ensino, com capacidade para promover melhorias no cenário diagnosticado, capacitando os profissionais da educação para a gestão segura do espaço pedagógico.

Palavras-chave: Prevencionismo. Estratégias Educativas e Preventivas. ProfEPT. Produto Educacional. Práticas Educativas EPT.

 

Produto Educacional:
CURSO DE EXTENSÃO - ESTRATÉGIAS EDUCATIVAS E PREVENTIVAS PARA TOMADA DE PROVIDÊNCIAS EMERGENCIAIS EM SITUAÇÕES DE RISCO NUMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO EPT - MULTIPLICADOR
http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433804

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 02/08/19
  • 09h16

Título do projeto:  
CERTIFICAÇÃO POR TERMINALIDADE ESPECÍFICA NA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA: PRODUTO E PRODUTORA DE REPRESENTAÇÕES CULTURAIS SOBRE A INCLUSÃO DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA MENTAL GRAVE E MÚLTIPLA
 

 Orientadora: Dr.ª Fernanda de Camargo Machado

 Banca: Dr.ª Neiva Maria Frizon Auler,  e Dr.ª Eliana Pereira da Costa de Menezes

 Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo geral entender como a CTE (CTE) atua como produto e produtora de representações culturais sobre a inclusão dos estudantes com deficiência mental grave e múltipla no âmbito da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT). Como objetivos específicos, buscou: empreender uma análise documental que permita entender em que cenário cultural a CTE é produzida como uma possibilidade de certificação para os estudantes com deficiência mental grave e múltipla no âmbito da RFEPCT; organizar uma materialidade analítica para compreender como a CTE produz representações culturais sobre a inclusão de estudantes com deficiência mental grave e múltipla no âmbito da RFEPCT; e produzir um texto de apoio sobre CTE, voltado aos gestores de ensino e docentes da RFEPCT, para constituir e desnaturalizar representações culturais sobre a inclusão dos estudantes com deficiência mental grave e múltipla, como produto educacional. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cuja metodologia inspira-se nos Estudos Culturais em Educação, em sua vertente pós-estruturalista, utilizando como lente de análise principal a noção de representação cultural, de Stuart Hall. Além disso, a pesquisa também evoca as ferramentas de discurso, poder, verdade e governamentalidade neoliberal, cunhadas por Michel Foucault, como elementos transversais de análise. O corpus empírico foi constituído de documentos oficiais da RFEPCT, especificamente a legislação nacional e os documentos dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, os quais dispõem sobre a CTE. A análise mostrou que a CTE – instrumento até então permitido apenas para o ensino fundamental no Brasil - vai adentrando historicamente na RFEPCT no final da primeira década do século XXI. Isso se produziu a partir do elo entre educação especial e educação profissional e tecnológica, que compartilham representações culturais sobre a profissionalização e o autoempreendedorismo como caminhos para a garantia da inclusão dos sujeitos com deficiência mental grave e múltipla na escola e no mundo do trabalho. Também foi possível visualizar essas mesmas representações culturais, posicionando os estudantes com deficiência mental grave e múltipla como uma espécie de subgrupo de risco de exclusão, o que justificaria sua delimitação como público-alvo da CTE. Ademais, a análise mostrou como algumas estratégias institucionais de operacionalização da CTE produzem representações sobre a necessidade de constituição de uma rede de apoio institucional para promover a inclusão desses sujeitos na escola e no mundo do trabalho, o que produz a CTE como uma espécie de ponte estratégica entre essas duas esferas. O produto educacional sugerido foi um texto de apoio sobre CTE, voltado a gestores de ensino e docentes na RFEPCT voltado a produzir e desnaturalizar representações culturais sobre a inclusão dos estudantes com deficiência mental grave e múltipla, que emergiram como dados dessa pesquisa, por meio de uma linguagem amigável e dinâmica.


Palavras-chave: Educação Especial; Educação Profissional e Tecnológica; Inclusão.

 

Data da defesa: 21 de agosto de 2019

 

Horário: 9h


Local: Sala de Reuniões da PRPPGI, no 5º andar da Reitoria do IFFar

 

 

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 11h51

Título do projeto: PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR – PNAE: UMA ANÁLISE DA SUA GESTÃO NO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA 

 

Orientador: Drª. Catiane Mazocco Paniz

 

Banca: Dra. Fernanda de Camargo Machado,  Dr. Fabio Diniz Rossi e Dra. Maristela Borin Busnello

 

Resumo: O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) foi criado para atender, de forma saudável e microbiologicamente segura, as necessidades nutricionais, durante o período letivo, dos alunos matriculados na educação básica em escolas públicas e filantrópicas. Até 2009, o PNAE tinha como público-alvo alunos da educação infantil e ensino fundamental. Com a promulgação da Lei nº 11.947/2009, o Programa foi estendido ao ensino médio, abrangendo assim as escolas da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Este estudo buscou investigar a gestão do PNAE no Instituto Federal Farroupilha, considerando a política institucional e a atuação do servidor nutricionista no programa. Trata-se de uma pesquisa quanti-qualitativa, de caráter exploratório, desenvolvida a partir de pesquisa bibliográfica e documental, tendo como base as legislações e demais normativas sobre o tema. Como instrumentos de pesquisa foram utilizados a entrevista e a aplicação de questionários, constituindo-se em uma pesquisa-ação. Dentre as principais fragilidades identificadas, destacamos: a falta de padronização no número de refeições nas unidades, acarretando no descumprimento da legislação nas unidades que não ofertam três refeições diárias a alunos em turno integral; a inadequação no número de servidoras em 2 unidades conforme parâmetros numéricos mínimos de referência estabelecidos pelo PNAE; o acompanhamento do estado nutricional dos estudantes é realizado em apenas 33% das unidades; em 40% das unidades não são realizadas atividades de educação alimentar e nutricional e 60% das servidoras relata dificuldades na execução destas atividades; os testes de aceitabilidade das preparações são realizados em apenas 56% das unidades. Dentre as principais potencialidades identificadas, destacamos: a articulação institucional para constituição dos Conselhos de Alimentação Escolar, sendo o IFFar pioneiro neste quesito na RFEPCT; o sistema de agendamento de refeições em implantação; a aprovação do Regulamento do Programa de Segurança Alimentar e Nutricional da instituição; o número de unidades com nutricionistas no quadro de servidores supera a realidade de outras instituições da rede; a oferta de alimentação a todos os alunos da educação básica; a complementação expressiva de recursos institucionais para a oferta de uma alimentação de qualidade, sendo que em 2018, o recurso do FNDE representou apenas 9,93% do total de recursos investidos; o diagnóstico nutricional dos estudantes é realizado em 78% das unidades; 100% das unidades consideram a cultura alimentar e 80% das unidades consideram os percentuais recomendados de macro e micronutrientes e a vocação agrícola da região na elaboração dos cardápios; são ofertadas no mínimo, três porções de frutas e hortaliças por semana no cardápio de todas as unidades; 67% das unidades aplica 30% dos recursos do PNAE na aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar. Nas demais unidades, são identificadas mobilizações iniciais para a efetivação desta exigência da legislação. Como produto educacional foi desenvolvido um aplicativo com o objetivo de facilitar a aplicação dos testes de aceitabilidade das preparações ofertadas no âmbito do PNAE.

 

Palavras-chave: Alimentação Escolar. Nutrição. Programa Nacional de Alimentação Escolar. Educação Profissional e Tecnológica.

 

Data da defesa: 16 de agosto de 2019

 

Horário: 14h30min


Local: Auditório, IFFar - Reitoria

Produto Educacional:

Teste de Aceitação de Alimentação Escolar

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433543

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 08h36

Título do projeto: A UTILIZAÇÃO DE ANIMAIS NO ENSINO NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA - ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS

 

Orientador: Dr. Fábio Diniz Rossi

 

Banca: Dr. Ricardo Antônio Rodrigues,  e Dr. Otoniel Geter Lauz Ferreira

 

Resumo: O antropocentrismo que regeu a humanidade por séculos fez com que o ser humano se colocasse acima tanto dos animais quanto do meio ambiente, entendendo que o planeta e seus recursos só existem para servi-lo. O uso de animais confunde-se com a própria história da humanidade. O século XX foi marcado pela ampliação das discussões a respeito da ética aplicada, incluindo a busca de designação de status moral para os animais. É importante primar por ser ético com os animais, minimamente em respeito à contribuição que oferecem para o avanço da ciência, já que a tendência é que sua utilização permaneça como prática comum ainda por muito tempo. O marco fundamental legal no Brasil sobre o tema foi a aprovação da Lei 11.794/08, que criou o CONCEA – Conselho Nacional de Controle em Experimentação Animal, e condicionou o credenciamento das instituições com atividades científicas utilizando animais à constituição das Comissões de Ética no Uso de Animais – CEUAs. As Comissões possuem a difícil tarefa de analisar pesquisas e atividades de ensino que utilizem de animais vivos, cotejando o benefício advindo daquela atividade com o possível dano a ser causado aos animais utilizados no protocolo. Uma CEUA atuante, em conjunto com professores engajados, traz para a formação discente aspectos que vão além do tecnicismo, contribuindo para a formação omnilateral de um cidadão que não ignora o sofrimento de outro ser vivo. A pesquisa, oriunda do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica – ProfEPT, buscou responder ao seguinte questionamento: as atividades de ensino que se utilizam de animais, no âmbito do Instituto Federal Farroupilha, estão sendo submetidas à avaliação da Comissão de Ética no Uso de Animais previamente ao início de sua execução? Através de pesquisa documental, chegou-se à conclusão de que isso não vem ocorrendo, podendo, dessa forma, a instituição estar incorrendo em ilegalidades passíveis de penalidades, bem como a não submissão dos protocolos à CEUA pode denotar uma cultura de não preocupação com a vida e o bem-estar dos animais de experimentação. Buscando contribuir com uma solução para o problema, produziu-se o “Guia Prático para submissão de atividades pedagógicas com o uso de animais para a CEUA – IFFar”. É de competência das instituições, através das CEUAs, garantir que o uso de animais observe princípios éticos e de bem-estar animal contidos na legislação, bem como é de responsabilidade de todo usuário de animais considerar que são seres sencientes e que seu bem-estar é fator primordial a ser observado na condução das atividades científicas. Isso vem a contribuir com uma Educação Profissional e Tecnológica de qualidade, por buscar prezar por metodologias adequadas que considerem aspectos éticos, contribuindo para formar profissionais e cidadãos de caráter.


Palavras-chave: Ética. Uso de animais no ensino. CEUA. Educação profissional e tecnológica.

Data da defesa: 09 de agosto de 2019

 

Horário: 14h


Local: Reitoria - IFFar

Produto Educacional:

GUIA PRÁTICO PARA SUBMISSÃO DE ATIVIDADES PEDAGÓGICAS COM O USO DE ANIMAIS PARA A CEUA – IFFAR

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433313

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 08h34

Título do projeto: Discursos e estratégias de prevenção do suicídio de jovens estudantes no IFSul/Campus Pelotas: Ressonâncias e possibilidades de desconstruções

 

Orientador: Dr.ª Fernanda de Camargo Machado

 

Banca: Dra. Marcele Teixeira Homrich Ravasio,  e Dr. Marcos Adegas de Azambuja

 

Resumo: A pesquisa discorreu sobre a produção de discursos sobre a prevenção do suicídio de jovens estudantes no contexto do IFSul/Campus Pelotas. Justifica-pela  necessidade de compreender e experimentar (outras) estratégias de prevenção ao suicídio nesse âmbito. Tem como objetivo geral investigar a produção de discursos e a implementação de (outras) estratégias para a prevenção do suicídio de jovens estudantes no IFSul – Campus Pelotas.Como objetivos específicos, busca: compreender em que cenário discursivo emerge a preocupação com a prevenção do suicídio de jovens estudantes no IFSul/Campus Pelotas; problematizar como vem se produzindo discursos e estratégias de prevenção do suicídio no IFSul/Campus Pelotas; e experimentar a implementação de uma proposta de intervenção, voltada a produzir outros modos de conduzir a prevenção do suicídio no contexto do IFSul/Campus Pelotas, como produto educacional dessa pesquisa. A investigação utilizou como ferramentas analíticas as noções de discurso, poder, verdade e, de forma subjacente, a biopolítica, conforme o pensamento de Michel Foucault. A analítica ocorreu em 3 etapas: descrição e análise dos discursos enunciados nas notícias do Portal Institucional do IFSul/Campus Pelotas; busca, nas notícias analisadas, das principais recorrências discursivas sobre a implementação de estratégias de prevenção do suicídio no IFSul – Campus Pelotas; e  elaboração e implementação de uma proposta de intervenção, como produto educacional, voltado à produção de outros modos de conduzir a prevenção do suicídio no IFSul/Campus Pelotas. A analítica empreendida mostrou que o ato de falar sobre a questão foi se produzindo como um discurso emergente no Campus e se articula à implementação de várias estratégias de prevenção, como palestras, rodas de conversa, campanhas e a criação do Núcleo de Promoção e Prevenção em Saúde (NUPPS) no Campus Pelotas. A partir disso, formulou-se uma proposta de intervenção para o NUPPS, voltada à discussão de temas como nascimento, vida, morte e saúde mental com os estudantes do 1º ano do Curso Técnico Integrado em Comunicação Visual do IFSul/Campus Pelotas, na disciplina de Biologia. A finalidade do produto foi produzir outras formas de conduzir a prevenção do suicídio de jovens estudantes no espaço pedagógico da EPT, inserindo-se na perspectiva da formação integral dos estudantes, ao trazer o NUPPS para o espaço da sala de aula.


Palavras-chave: Educação Profissional e Tecnológica; Suicídio; Prevenção.

Data da defesa: 09/08/2019

 

Horário: 09h


Local: Auditório, IFFar - Reitoria

 

Produto Educacional:

DISCURSOS E ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO DO SUICÍDIO DE JOVENS ESTUDANTES NO IFSUL/CAMPUS PELOTAS: RESSONÂNCIAS E POSSIBILIDADES DE DESCONSTRUÇÕES

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433343

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 08h30

Título do projeto: Ensino de Gastronomia na EBPTT: saberes docentes para além das panelas

 

Orientador: Dr. Vantoir Roberto Brancher

 

Banca: Dra. Neiva Maria Frizon Auler,  e Dr. Denirio Itamar Lopes Marques

 

Resumo: Com o objetivo de compreender a docência em gastronomia na Educação Profissional e Tecnológica, no sentido de analisar as repercussões dessas concepções nas atividades pedagógicas, elaborou-se a presente investigação. Diante desse propósito, se problematiza: Quais os saberes docentes, modelos pedagógicos e trajetos formativos, que tem alicerçado os fazeres dos docentes gastrônomos atuantes na rede EBPTT? Como objetivos específicos, buscou-se analisar os modelos pedagógicos que subsidiam o ensino da gastronomia, bem como verificar os saberes docentes desses professores, além de compreender o trajeto formativo de docentes dessa área, mapeando, se possível as necessidades de formação permanente destes. A partir desse mapeamento, programou-se, no intuito de oportunizar a consolidação de um Produto Educacional, colaborando com eventuais necessidades formativas dos docentes gastrônomos, um Espaço de Virtual de formação permanente para professores da área. A metodologia baseia-se em uma abordagem qualitativa, na qual a construção dos dados ocorreu em dois momentos: um primeiro por meio de entrevistas semiestruturadas e um segundo através de narrativas escritas, obtidas por meio do ambiente virtual de formação permanente de professores. Concluiu-se, por fim, que os saberes dos colaboradores desse estudo se dividem em dois grandes blocos: aqueles anteriores à inserção na docência, destacando-se os obtidos na experiência do mundo do trabalho, bem como durante a vida discente, principalmente no âmbito da influência dos ex-professores, e os saberes adquiridos a partir da inserção na docência, constituídos das experiências vividas e construídas nas rotinas docentes. Quanto aos modelos pedagógicos, que subsidiam a atuação de professores gastrônomos, destacam-se três principais pontos: aproximação do paradigma da interlocução (ou pedagogia relacional/construtivista); organizam-se como uma resposta às vivências particulares de cada docente e, na maioria das vezes, materializa-se como aulas expositivas dialogadas, evidenciando reduzida diversidade metodológica no processo de ensino/aprendizagem na área. Além disso, foram encontradas percepções descontextualizadas, acerca da relação entre teoria/prática no ensino em gastronomia, além de alguns discursos afastados do real objetivo da EBPTT. Em relação aos trajetos formativos desses professores, concluímos que se trata de caminhos construídos ao longo do tempo, oriundos das experiências e vivências singulares. Entretanto, percebeu-se uma característica de atuação docente pautada em uma jurisprudência particular, repercutindo em um status de isolamento pedagógico, característica que procuramos superar com a proposta de discutir o saber da ação pedagógica da área, através do produto educacional, originado a partir desse estudo.


Palavras-chave: Gastronomia. Trajetos formativos. Saberes docentes. Educação Profissional e Tecnológica.

 

Data da defesa: 05 de agosto de 2019

 

Horário: 09h


Local: CTISM- Colégio Técnico Industrial de Santa Maria

 https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/vantoir

 

Produto Educacional:

Formação Permanente para Professores de Gastronomia da EBPTT

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433018

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 08h28

Título do projeto: A RODA DE CONVERSA COMO ESTRATÉGIA PARA CONHECER E AMPLIAR A PARTICIPAÇÃO DOS ESTUDANTES NA GESTÃO DAS AÇÕES DO PNAES: PERCEPÇÕES DAS LIDERANÇAS ESTUDANTIS DOS CURSOS TÉCNICOS INTEGRADOS DO IFFAR/CAMPUS ALEGRETE

 

Orientador: Dr.ª Fernanda de Camargo Machado

 

Banca: Dra. Taniamara Vizzotto Chaves,  e Dra. Daniela de Oliveira Pires

 

Resumo: Essa dissertação de Mestrado discorre sobre a participação de estudantes da educação profissional e tecnológica, em especial cursos técnicos integrados, na gestão democrática das ações do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Buscou investigar como a participação dos estudantes pode ser incentivada para a melhoria da gestão das ações do PNAES, a partir da percepção das lideranças estudantis dos Cursos Técnicos Integrados do IFFar/Campus Alegrete. Para alcançar o objetivo proposto foi realizada uma roda de conversa com alguns líderes e vice-líderes das turmas dos Cursos Técnicos Integrados do IFFar/Campus Alegrete. A análise foi realizada por meio da análise de conteúdo e evidenciou os seguintes resultados: a) o PNAES é percebido pelos líderes que participaram como um conjunto de ações que envolvem genericamente, necessidades básicas de alimentação e moradia; b) na percepção dos líderes, há pouca participação estudantil nos debates e decisões que dizem respeito às ações do PNAES, embora tenham sido apontados, em fase inicial, a realização de levantamentos e pesquisas que consideram as opiniões dos estudantes; e c) os líderes demonstraram interesse em dialogar e participar das decisões relacionadas à gestão das ações do PNAES, reconhecendo que o protagonismo estudantil é fundamental nesse processo. Com base nesses resultados, foi elaborado, como produto educacional, um roteiro para roda de conversa voltado aos encontros entre as lideranças estudantis e os estudantes, no intuito de conhecer e potencializar a participação dos estudantes dos cursos técnicos integrados na gestão das ações do PNAES no IFFar/Campus Alegrete.


Palavras-chave: Palavras-Chave: Gestão democrática. PNAES. Participação. Estudantes. Educação Profissional e Tecnológica.

Data da defesa: 02 de agosto de 2019

 

Horário: 14h

 

Local: Auditório, IFFar - Reitoria

 

Produto Educacional:

Roda de Conversa: Uma estratégia para a participação dos estudantes na gestão democrática do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES)

http://educapes.capes.gov.br/handle/capes/433385

Publicado em Notícias

Leia mais...

  • 01/08/19
  • 08h24
Fim do conteúdo da página